segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Procura do consumidor por crédito aumenta 16,4% em 2010, diz Serasa

Flávia Albuquerque
Repórter da Agência Brasil

São Paulo - A procura dos consumidores por crédito cresceu 16,4% em 2010, enquanto em 2008 o crescimento foi de 6,4% e em 2009, de 1,2%. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Demanda do Consumidor por Crédito. Em dezembro, a demanda aumentou 1,5% na comparação com novembro de 2010. Em relação a dezembro do ano anterior, a alta foi de 10,7%.

De acordo com as análises dos economistas da entidade, os consumidores das camadas mais baixas da população foram os que puxaram a expansão da procura por crédito em 2010. Entre os consumidores com renda abaixo de R$ 500, o aumento foi de 46,3%. Na faixa entre R$ 1.000 e R$ 2.000, a variação foi de 10,6% e, para os que ganham entre R$ 5.000 e R$ 10.000, de 27,9%. As regiões que apresentaram as maiores altas são o Nordeste (17,7%) e Sudeste (17,4%).

Segundo a análise da Serasa, o aumento da demanda por crédito se deve às condições favoráveis do crédito para as pessoas físicas que se mantiveram durante o ano inteiro, ao alto grau de confiança dos consumidores, ao bom momento do mercado de trabalho, às taxas de desemprego em baixa e ao aumento da formalização das relações trabalhistas. A Serasa acredita que as medidas adotadas pelo Banco Central com relação ao crédito e a possibilidade do aumento dos juros podem fazer com que a procura por crédito diminua este ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário