segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Greve dos agentes penitenciários termina no final do dia

Terminou na tarde deste domingo (14), a greve dos agentes penitenciários do Ceará. O movimento foi iniciado neste domingo e provocou início de rebeliões na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto e Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II) em Itaitinga. Nos dois locais, os familiares do presos foram impedidos de entrar, isso revoltou os presos, que iniciaram um quebra-quebra nos presídios.

Ainda pela manhã, o Procurador Geral do Estado, Fernando Oliveira, coordenador do Sistema Penitenciário do Ceará, Bento Laurindo, e representantes dos agentes penitenciários reuniram-se no Palácio Iracema e entraram em acordo. O presidente do sindicato da categoria, Augusto Coutinho, informou ao Jangadeiro Online que foi feito um acordo e a greve está suspensa.

A diretora do IPPOO II também confirmou a suspensão da greve dos agentes, mas informou que “as visitas continuam suspensas até que os pavilhões 3,7 e 10 sejam concertados”. Os locais foram quebrados durante o início de rebelião.

Reivindicações dos Agentes

Os profissionais querem um aumento salarial e a redução da carga horária de trabalho. Atualmente os agentes recebem um salário de R$ 1.116,00, valor já inclui gratificações, e trabalham 48 horas semanais. Mas de acordo com o sindicato da categoria, esse valor é para ser de 1.790 reais com 30 horas semanais de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário