sábado, 5 de abril de 2008

Acidente do microônibus no município de Itapajé

"Familiares das seis pessoas que morreram na tragédia do microônibus de uma funerária que caiu em uma ribanceira, em Itapajé, na última sexta-feira, ainda não sabem onde os corpos das vítimas serão sepultados. A única certeza é que o corpo de Maria José de Agostinho Canela, 58 anos, que possuía marido e filhos no Rio de Janeiro não será conduzido ao estado fluminense. O acidente aconteceu depois que 34 pessoas da mesma família voltavam do enterro do patriarca da família, no município de Forquilha. Entre os mortos estavam três filhos do patriarca e uma neta. Outras 24 pessoas saíram feridas e foram encaminhadas para Fortaleza. Algumas foram liberadas na manhã deste sábado." (O Povo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário