terça-feira, 15 de janeiro de 2013

TERRAMAR REALIZOU OFICINA SOBRE ECO-TURISMO EM VILA DE CAIÇARA – CRUZ/CE

clip_image002clip_image004clip_image006Cruz. O Instituto Terramar realizou nos dias 9 e 10, uma Oficina sobre Ecoturismo Sustentável com foco no Turismo Comunitário. A orientação da oficina foi dada pelas instrutoras Rosa Martins (educadora popular), Rogéria Oliveira (estudante de Agronomia) e Ana Laisa (Terrazul). Participaram desta oficina 40 pessoas de diferentes idades e profissões, mas que demonstraram grande interesse pelos temas abordados causando um debate bastante participativo.

clip_image008

Rosa Martins Ana Laisa Rogéria Oliveira

clip_image010

A oficina foi realizada na escola municipal João Ladislau de Paula Magalhães na Vila de Caiçara, Município de Cruz. A abertura aconteceu dia nove, à tarde, quando houve a visita do Secretário de Turismo Professor Agnaldo e da Secretária Vanderlandia.

Praia de Arpoeiro - Acaraú

No dia 10, houve uma visita, pela manhã, à comunidade de Curral Velho, Município de Acaraú, onde o Instituto Terramar está realizando um importante trabalho com a comunidade tradicional. Os alunos viajaram em um ônibus que foi cedido pela Prefeitura de Cruz parceira da oficina.

Os visitantes foram recebidos pelas lideranças da comunidade Helena Maria Ribeiro, Gilvam (Condutor de Turismo) e a jovem Laura. O encontro aconteceu no Centro de Educação Ambiental e Turismo Comunitário: Encante do Mangue na comunidade praiana de Curral Velho.

clip_image012

Helena, Laura e Gilvan (Curral Velho)

clip_image014

Eles relataram sobre a luta que travaram contra os empresários da Carcinicultura que pretendiam se instalar na região causando a destruição do meio ambiente, principalmente os manguezais, de onde as comunidades tradicionais da circunvizinhança retiravam o seu sustento. Foram quase dez anos de luta contra tudo e contra a todos, pois segundo o relato dos moradores, todas as autoridades posicionaram-se contrarias a luta dos moradores, inclusive, algumas pessoas da comunidade. Houve agressões físicas e prisões de pessoas da comunidade que lutavam pelos que achavam serem seus direitos. Foi neste momento de conflito que apareceu o Instituto Terramar que passou a apoiar a luta destas comunidades tradicionais.

Caminhada pelas trilhas de Curral Velho

Hoje, consideram-se vitoriosos, embora reconheçam que ainda há muito que conquistarem. Conseguiram construir um centro comunitário onde se reúnem e recebem os visitantes. Já construíram um chalé para hospedar os visitantes com mais dignidade e também contam com o apoio de várias instituições internacionais que reconhecem e apoiam as lutas dos povos das comunidades tradicionais.

clip_image016clip_image018

No momento, estão preocupados com o projeto de instalações de cata-ventos para produção de energia eólica, que com certeza será mais uma batalha a ser enfrentada pelos moradores da comunidade. O certo é que não sabem quando será que a paz reinará para sempre na comunidade de Curral Velho, mas os seus ideias jamais serão vencidos.

Laura (guia) Rancho de pescador em Curral Velho

Após a palestra proferida pelas lideranças da comunidade, foi oferecida uma boa merenda com suco de frutas naturais. O condutor de turismo Gilvan levou todos os visitantes para conheceram a forma como é praticada o Turismo Comunitário Sustentável, seguindo por trilhas até a Praia de Arpoeiro, considerada a segunda maior praia seca do mundo, pois quando a maré baixa, vários quilômetros de areia ficam descobertos fazendo com que a água fique muito distante da praia.

clip_image020

Após a visita, os participantes da oficina retornaram a Vila de Caiçara para o almoço que aconteceu na Churrascaria Moura e, às 14 horas e vinte minutos, teve inicio as atividades finais da oficina com a apresentação de videoaula e debates sobre o Turismo Comunitário e os pressupostos do Instituto Terramar que consiste na critica ao desenvolvimento econômico capitalista, defesa dos territórios das populações tradicionais e a organização Comunitária.

clip_image022

Centro Comunitário de Curral Velho

Às dezessete horas, houve o encerramento da Oficina com pouse para foto oficial e despedidas dos participantes e os agradecimentos às instrutoras da oficina Rosinha, Ana Laisa e Rogéria Oliveira.

Para dar continuidade aos trabalhos, foi marcada uma reunião para o dia 17 deste, com a finalidade de fazer uma avaliação sobre a nova ideia de Turismo Comunitário e qual será o papel da comunidade para concretização desta concepção.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário