sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Aumento do etanol à gasolina pode estar próximo

Por Sérgio Torres | Estadão Conteúdo

A diretora geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, falou nesta quinta-feira sobre a possibilidade de um aumento no porcentual de etanol na composição da gasolina, que passaria dos atuais 20% para 25%, no final da safra de cana-de-açúcar.

Questionada durante a cerimônia de lançamento de um navio da Transpetro, a diretora afirmou: "a gente tem de confirmar a safra, mas estamos achando que sim." Um aumento do porcentual de álcool à gasolina abre espaço para que o governo possa reajustar combustíveis sem que haja um impacto maior nos índices de inflação.
Reajustes
O governo tem se esforçado para desconcentrar os aumentos de preços que tradicionalmente ocorrem no início do ano, como os das tarifas de ônibus, para evitar que a alta dos índices em janeiro e fevereiro contaminem as expectativas de inflação para o resto do ano.
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, está mantendo conversas com prefeitos e governadores

para pedir o adiamento dos reajustes nas tarifas de transportes. Nesta quinta-feira (17), Mantega pediu ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que adiasse o aumento das tarifas do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Com isso, o aumento deve ocorrer a partir de abril. Historicamente, o preço desses meios de transporte cresce no mês de fevereiro. Na terça (15), o ministro pediu que os prefeitos de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), que adiassem os reajustes nas tarifas de ônibus, e foi atendido.

Há ainda no governo a expectativa de que esses aumentos, quando ocorrerem, sejam mais moderados, já que o setor de transporte urbano foi um dos beneficiados pela desoneração na folha de pagamento e pode repassar os ganhos aos usuários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário