sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Você conhece esta história? Eu conheço várias.

 

Tem prefeito na região que antes de entrar na prefeitura de seu município bateu na porta de tudo quanto era amigo / empresário de Sobral em busca de apoio e ajuda, com a promessa de, depois de eleito, beneficiar esses ditos amigos em fornecedores da prefeitura. Pura armação, que mais parece com o “conto do baludo”.

Senão vejamos. Depois de algumas boas compras pagas em dia, crédito ampliado, o amigo prefeito começa a fazer grandes compras, e a atrasar pagamentos. Ai, o amigo fornecedor, já atolado até o pescoço começa a não ser mais visto como, amigo.

Procurado na sua cidade diversas vezes para pagar a conta, ou pelo menos negociar o débito, o prefeito, autoridade máxima do município, não é mais visto. Nunca está na cidade, nem atende o telefone.

O "pobre" empresário não sabe o que fazer, a quem reclamar, muito menos a quem cobrar.

Postado por Sobral em Revista

Grifo meu: A esses empresários, aí vai um aviso: “Quem quer mais do que lhe convém, perde o que quer e o que têm”

Nenhum comentário:

Postar um comentário