segunda-feira, 16 de maio de 2011

Presidente do PT de Fortaleza manda artigo para Blog rebatendo Maia Júnior

 

Com o título “Governo petista em Fortaleza está no rumo certo”, eis artigo assinado pelo presidente do PT de Fortaleza, Raimundo Ângelo, em resposta, segundo disse, a artigo aqui publicado, na semana passada, pelo ex-vice-governador do Estado, Maia Júnior. Maia criticou a declaração da prefeita Luizianne Lins (PT) dando conta de que sua gestão foi quem mais fez pela cidade, debulhou várias ações da Era Tasso Jereissati na Capital. Confira:

O Censo 2010 já mostra que Fortaleza transformou-se numa das maiores metrópoles brasileiras, tornando-se a 5ª cidade mais populosa do país, superando Belo Horizonte e ficando atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília. Esse crescimento tem um elevado impacto sobre a gestão da cidade, com aumento exponencial da demanda por investimentos em infra-estrutura e por serviços públicos essenciais como educação, saúde, transporte, moradia, etc. Atualmente, a pressão por intervenções do poder público municipal assume dimensão crescente, criando-se uma situação propícia a certo discurso oportunista e falacioso de opositores e críticos de diferentes origens e matizes político-ideológicas.

Sendo 2012 um ano de eleições municipais, agora, alguns grupos políticos, tendo à frente o PSDB, motivam-se a por em prática um combate sem tréguas à administração da prefeita Luizianne Lins. Com a simples missão de desgastar sua imagem e do Partido dos Trabalhadores (PT), com vistas a aproveitar-se da situação no confronto político que se avizinha. Essa campanha difamatória só visa a sórdida tentativa de embotar a consciência da maioria da população fortalezense, impedindo-a de ver os avanços e conquistas em Fortaleza.

Podemos destacar que Fortaleza é hoje líder no ranking de geração de empregos entre as capitais dos estados do Nordeste, superando Recife e Salvador. De 2005 a 2010 foram criados 181.898 empregos na cidade. Isso se deve, por um lado, à retomada do crescimento econômico promovida pelo Governo Lula, que prossegue no governo Dilma e, por outro, à ambiência econômica e institucional criada a partir da gestão da cidade, que atrai investimentos produtivos positivamente impactantes sobre o nível de emprego e outros indicadores de desenvolvimento do município.

A capital tornou-se o destino mais procurado pelos turistas brasileiros, firmando-se ainda como o 4º destino turístico do país. Contrariando o discurso dos críticos de plantão, a realidade demonstra que valeu à pena investir no réveillon da Praia de Iracema, transformado no 2º maior do Brasil, e em outros eventos do calendário cultural da cidade.

Na Saúde, Fortaleza está entre as capitais que mais aplicam recursos próprios nesta área, investindo mais de 20% de sua arrecadação, sendo o mínimo de 15%. O total de equipes do Programa Saúde da Família (PSF) triplicou e hoje chega a cerca de 50% dos fortalezenses, incluindo a implantação de 232 equipes de saúde bucal. Para tanto, foram contratados mais de 5 mil profissionais.

Na Educação, foi feito um grande investimento na recuperação e reforma de 239 escolas, na merenda escolar e fardamento completo. Complementando este esforço foram construídas 31 novas escolas e adquiridas outras 49, totalizando 900 novas salas de aula. O número de creches da rede municipal saltou de 55 para 137 unidades. Trata-se da 3ª maior rede pública municipal escolar do país, atrás apenas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Ao longo dos já decorridos seis anos da administração atual foram ainda instalados nas escolas do município 228 bibliotecas (com aquisição de 263 mil novos livros) e 221 laboratórios de informática, conectados à internet banda larga.

No tocante ao Transporte Público, Fortaleza prossegue com a tarifa mais barata entre as capitais de porte semelhante e com sistema integrado, sendo a única a manter a meia passagem ilimitada para estudantes. Outras conquistas são a gratuidade para portadores de deficiência e a criação da tarifa social.
Luizianne está executando o maior programa de Habitação popular da história de Fortaleza, com investimentos de aproximadamente 250 milhões de reais, beneficiando mais de 25 mil pessoas, com mais de quatro mil casas/apartamentos já entregues e mais 5 mil unidades em construção. Além de reduzir as áreas de risco, com moradia digna para dezenas de milhares de pessoas, a prefeitura está regularizando o papel da Casa.

O Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) estão sendo feitas grandes obras de intervenção no nosso sistema viário a fim de melhorar o trânsito na cidade. Temos em andamento alargamento, pavimentação e drenagem de ruas e avenidas, reforma de terminais de ônibus, construção de corredores exclusivos para o transporte coletivo e de ciclovias, chegando a um investimento de US$ 142 milhões, financiados pelo BID e a prefeitura.
Fortaleza está de cara nova com o Vila do Mar, urbanizando a região entre o Pirambu e a Barra do Ceará, a reforma da Praia de Iracema. Tem-se o Hospital da Mulher e os Cucas, obras em estágio avançado de execução, além do Novo PV e o Jardim Japonês entregues à população.

Podemos afirmar com convicção que, ao contrário do que alguns tentam apregoar, utilizando-se da desinformação e, por vezes, até da má fé, a administração de Fortaleza está no rumo certo. Evidentemente, todos os governos são suscetíveis a críticas e elogios, cometem erros e acertos, mas devem ser avaliados pelo conjunto da obra. Nesse aspecto, a gestão da prefeita Luizianne Lins tem um saldo muito positivo e o povo saberá reconhecer os seus méritos, no final da sua gestão.

Raimundo Ângelo,

Presidente do PT de Fortaleza

Nenhum comentário:

Postar um comentário