sexta-feira, 9 de junho de 2017

NO TSE, NAPOLEÃO NEGA TER SIDO CITADO EM DELAÇÃO

Roberto Jayme/Ascom/TSE - O ministro Napoleão Nunes Maia Filho criticou, irritado, na tarde desta sexta-feira 9 a notícia de que "um homem misterioso" teria entrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para lhe entregar um envelope.
Segundo ele, o homem era seu filho, que queria lhe mostrar as fotos de sua neta, de três anos. Como não estava vestido a rigor - é exigido terno preto para entrar no tribunal - não deixaram ele entrar.
Ao ser barrado, ele acabou causando um tumulto, chegando a desafiar a ameaça de voz de prisão dos seguranças: "então dê". A segurança do tribunal estava certa, segundo o ministro, que criticou, porém, o termo "homem misterioso" usado por site na internet.
"Era simplesmente o envelope com as fotos de uma criança. O homem misterioso era meu filho simplesmente", explicou.
O ministro também negou em seguida reportagens divulgadas nesta sexta na imprensa de que ele teria sido citado em delação da OAS. Assista aqui.
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/300502/No-TSE-Napole%C3%A3o-nega-ter-sido-citado-em-dela%C3%A7%C3%A3o.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário