terça-feira, 27 de junho de 2017

Temer perguntou sobre Cunha a Joesley, mostra trecho recuperado de gravação

 

- No relatório apresentado pela Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal nesta segunda-feira,  surgiram novas informações sobre o diálogo gravado entre Michel Temer e o empresário Joesley Batista, dono da JBS, no subsolo do Palácio do Jaburu. A transcrição do diálogo mostra que Temer questiona Joesley sobre Eduardo Cunha. Também revela que o presidente alertou sobre obstrução à Justiça.

As informações são de reportagem de O Globo.

No encontro, Joesley disse a Temer que não podia encontrar com o ex-ministro Geddel Vieira Lima, próximo a Temer, porque ele passou a ser investigado. Segundo as frases reveladas pelo relatório, Temer alerta que poderia "parecer obstrução de Justiça" e a situação era "perigosíssima".

Na sequência, Joesley fala que está "de bem com o Eduardo", que seria, segundo os investigadores, o ex-deputado Eduardo Cunha. Temer responde, então, "tem que manter isso, viu?", e ouviu Joesley dizer: "todo mês".

A frase havia sido interpretada pelo perito Ricardo Molina, contratado pela defesa de Temer, como "todo meio". O relatório da PF mostra que Temer questionou Joesley em seguida: "O Eduardo também, né?" E o empresário confirmou: "Também".

O encontro não foi registrado na agenda oficial de Temer, e Joesley não passou por procedimentos de segurança na entrada da residência do presidente.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/303318/Temer-perguntou-sobre-Cunha-a-Joesley-mostra-trecho-recuperado-de-grava%C3%A7%C3%A3o.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário