sexta-feira, 23 de junho de 2017

45ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CBH-Acaraú EM SOBRAL

clip_image002

Cruz. Quinta-feira, 22, foi realizada a 45ª Reunião Ordinária do Comitê de Bacia Hidrográfica do Acaraú, na Sede Regional da COGERH de Sobral, situada no Parque de Exposições João Passos Dias, Bairro Colina da Boa Vista.

clip_image004clip_image006

A reunião iniciou às nove horas, no auditório da COGERH, e contou com um grande número de participantes representantes do Poder Público Municipal, Estadual e Federal, Usuários de Água e Sociedade Civil.

clip_image008

Na pauta da reunião estava a leitura da Ata da 44ª Reunião Ordinária do CBH-Acaraú que aconteceu no dia quatorze de março, no Auditório do Sindicato dos Servidores Públicos de Monsenhor Tabosa, na Serra das Matas, Terra dos Índios Tabajara; Apresentação do Plano de Segurança Hídrica da Bacia do Acaraú; Apresentação dos Sistemas Isolados para Definição dos Parâmetros de Operação dos Açudes; Definição dos Parâmetros de Operação dos Açudes da Bacia do Acaraú e Reestruturação da Câmara Técnica de Irrigação.

clip_image010 clip_image012

A Comissão de Irrigação irá reunir-se na manhã do dia 12 de julho e dia 17, à tarde, quando acontecerá a posse da Comissão Gestora do Açude Acaraú-Mirim composta por representantes do DIBAU, Sindicato Rural de Marco, Sindicato Rural de Varjota e Associação CASA de Acaraú. Também foi constituída uma Comissão para reformulação da Lei de Uso da Água, com data a ser marcada para reunião. A Comissão Eleitoral com representantes da FUNAI, Votorantim, UVA e Câmara Municipal de Marco vai cuidar do processo de eleição para eleger os membros da DRP que está em estado de vacância.

clip_image014

Após um discursão bastante acirrado, foram definidas as cotas de água a serem liberadas pelos açudes da Bacia do Acaraú para o ano de 2017 até dezembro. Os técnicos da COGERH apresentaram todas as simulações possíveis para a liberação de água dos açudes com segurança hídrica com prioridades para o consumo humano, dessedentar animais e realizar pequenas irrigações. Foram apresentadas três simulações, sendo que foram aprovadas as propostas com maior vasão.

clip_image016

Os membros do Comitê de Bacia reconhecem as dificuldades hídricas pela qual passa o Estado do Ceará, pois, a quadra invernosa foi bastante irregular em todo o Estado, com baixas precipitações na região centro e sul do estado, mas, também compreendem que há necessidade de água para produção de alimentos e geração de emprego e renda para as famílias que vivem exclusivamente da irrigação, mas, que tiveram todos os Perímetros Irrigados desativados por falta de água, devido a maior seca que castiga o Ceará há vários anos consecutivos.

clip_image018clip_image020

A discursão foi saudável, aconteceu em um clima de paz e compreensão, fazendo com que todos saíssem satisfeitos, mas, caso haja algum problema, tudo poderá ser retificado para que problemas com consequências danosas não venha a acontece

Dr. Lima

Radialista

Nenhum comentário:

Postar um comentário