segunda-feira, 22 de abril de 2013

Paulão alerta para altos índices de homicídio por arma de fogo

Fonte: PT na Câmara

O deputado Paulão (PT-AL) manifestou preocupação em plenário com dados do “Mapa da Violência 2013 – Mortes Matadas por Armas de Fogo”, divulgado recentemente e que apontam um total de 36.792 pessoas assassinadas a tiros em 2010. O número é superior aos 36.624 assassinatos anotados em 2009 e mantém o País com uma taxa de 20,4 homicídios por 100 mil habitantes – a oitava pior marca entre 100 nações com estatísticas consideradas relativamente confiáveis sobre o assunto.
“Esse processo tem que ser analisado com muita calma, com detalhamento, pelos governos federal, estaduais e municipais, porque é um índice alto num país que está em paz, diferentemente dos países que estão em guerra”, afirmou o deputado Paulão.
O parlamentar petista lembrou que é preciso enfrentar o problema e citou programa piloto desenvolvido em Maceió, capital de Alagoas, pelo governo federal. “O programa Juventude Viva tem como foco a faixa etária entre 14 a 29 anos e está sendo implementado em Maceió, que, segundo o estudo, está entre as mais violentas do País. É preciso buscar uma resposta técnica e científica para a superação da condição vexatória de ser Alagoas a unidade da federação com a maior taxa de mortes matadas por armas de fogo”, ressaltou Paulão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário