quinta-feira, 18 de abril de 2013

A culpa é da gestão da saúde

Mais uma vez estive no posto de saúde no qual sou cadastrado. Desde o dia 26/03 que eu vou ao posto para receber metformina. Hoje tinha, só que o atendente não me entregou os comprimidos referente a cota de março, a qual ficou devendo. Como cada receita é para três meses, o atendente me forneceu comprimidos informando que já era referente a cota de abril, a de março eu não receberia mais. Na receita também consta insulina e seringas. O atendente ainda complementou que as metforminas seriam as de abril, mas a insulina de abril não seriam entregues hoje. Só que o atendente recolheu a receita e disse que eu só poderia receber as insulinas no dia três de maio. Ou seja, a cota de insulina de abril, eu não receberia. Foi preciso muito argumento para que o agente me devolvesse a receita, com a qual eu irei receber a insulina de abril. Após isso, fui procurar mais uma vez saber se já estava liberado para apresentar ao médico o resultado de um exame realizado dia nove deste. Fui informado que não estava liberado e existia uma fila de pessoas que seriam atendidas antes de mim, inclusive me mostrando pedidos de julho de 2012 que ainda não tinham sido atendidas e a atendente disse que a culpa não era dela, no que ela tem razão, a culpa está na má gestão da saúde no município de sobral. Será que depois de nove  meses, o resultado dos exames representa a realidade das enfermidades do paciente? Será que um médico que vai ver esses exames depois de tanto tempo, vai medicar esses pacientes com base nesses exames? Se o paciente que fez os exames estivesse com uma doença degenerativa, será que ainda teria como reverte o quadro patológico? Adianta correr atrás de grandes empreendedores para se instalarem num município com esse tipo de gestão de saúde? Isto é Sobral. Fazer o quê!

Nenhum comentário:

Postar um comentário