quinta-feira, 13 de maio de 2010

Preso mata agente na cadeia pública de Sanatana do Acaraú

O agente penitenciário Francisco Chagas Assis Lima, 37, foi assassinado na manhã de ontem no Município de Santana do Acaraú (232Km de Fortaleza), no momento em que abria a carceragem para colocar em liberdade os presos que cumpre regime de semi-liberdade. Um deles, identificado por Francisco Filho da Ponte, conhecido por ´Reno´, que cumpria pena por crimes de tráfico de drogas e homicídio, teria atirado no agente no momento em que este fechava a cela em que o preso estava recolhido.

De acordo com a direção do Hospital José Arcanjo Neto, para onde a vítima foi encaminhada, ele foi atingido por quatro tiros de revólver, um deles acertou o abdome e os demais a cabeça. "Ele (Lima), deu entrada ainda com vida por volta das 6h10, mas faleceu minutos depois", disse Maria Alice Carneiro, diretora do hospital.

O agente foi socorrido por policiais militares que atenderam à ocorrência. O PM Francisco Cavalcante adiantou que o preso acusado de matar o agente havia retornado aquele presídio há cerca de 15 dias, depois de cumprir pena em regime fechado no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS). "O que motivou a sua transferência para a Capital foi o seu mau comportamento. Daí ele chegou a dizer que o agente iria pagar com a vida pela sua transferência". Na fuga, o homicida levou a pistola de calibre 380 do agente.

PMs fizeram uma busca em casas de parentes do acusado. Um cerco foi montado no bairro Retiro, onde o fugitivo estaria escondido. "Mobilizamos mais de dez homens, e quando sentiu que estava cercado, ´Reno´ tentou fugir pelo telhado das casas próximas, mas acabou dominado", afirmou o tenente-coronel Gilvandro Oliveira, do 3ºBPM, que comandou a operação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário