segunda-feira, 31 de maio de 2010

Números de abusos sexuais envolvendo crianças e adolescentes são superiores a 2009.

No Município de Sobral, números de abusos sexuais envolvendo crianças e adolescentes este ano são superiores aos registros de 2009. Segundo dados do Conselho Tutelar deste município já são mais de 50 casos de abusos sexuais este ano, contra 35 do ano passado. Os números revelam outro dado alarmante. 80% dos casos aconteceram dentro de um ambiente familiar, onde o autor do crime é parente da vítima ou alguém de confiança da família. A maioria dos casos acontece em áreas afastadas da cidade, na zona rural.

No ano passado foram registrados pelo Conselho Tutelar 2.072 casos de violência, incluindo tortura psicológica, sedução, recusa de auxílio, entre outros. Este ano já foram mais de 900 atendimentos.

A violência sexual, que inclui sedução, abuso sexual e estupro, é uma das grandes preocupações dos conselheiros. Um mapeamento de locais que favorecem o problema está sendo feito pelo Conselho Tutelar. Já foram identificados dois pontos críticos: imediações do Fórum da cidade e próximo ao Posto da Polícia Rodoviária Federal.

As crianças e os adolescentes quando tem seus direitos fundamentais violados e a liberdade desrespeitada são encaminhadas para abrigos onde são mantidas afastadas dos supostos agressores até que a situação seja resolvida.

Ao contrário do que é verificado na maioria dos municípios cearenses, em Sobral, os cinco conselheiros dispõem de infraestrutura melhor para o desempenho do trabalho, como carro, telefone e salas individuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário