quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Polícia prende 18 em operação contra o tráfico no Rio

 

Por Adriano Barcelos | Estadão Conteúdo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro iniciou na manhã desta quarta-feira, 13, uma operação no complexo de favelas da Maré, na zona norte do Rio.


Leia mais:
Caso Joaquim: Polícia apreende computadores de casal
Comércio prospera em comunidades cariocas após chegada das UPPs

A atividade, batizada de Operação Netuno, visa desestabelecer o tráfico na região e é resultado de seis meses de investigação da Polícia Civil e da subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança. A atividade conta ainda com policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais, além de policiais federais e mais de 200 homens de outros grupamentos especializados. Até as 8h30, 18 pessoas haviam sido detidas.

As investigações apontam para a sucessão no comando do tráfico na Maré. Com a morte de Márcio José Sabino Pereira, o Matemático, em maio de 2012, outro criminoso, Marcelo Santos das Dores, o Menor P, assumiu o controle da venda de armas e drogas da facção.

O trabalho de inteligência indica ainda que a comunidade conhecida como Nova Holanda se tornou uma espécie de entreposto de drogas. Nessa comunidade foi identificado um esquema de repasse de droga para criminosos do Espírito Santo. A quadrilha utilizava pessoas para fazer o transporte - as mulas, como são chamadas pelos bandidos. Elas geralmente utilizavam ônibus para fazer o trajeto interestadual e eram escoltadas por criminosos na estrada, que faziam o trajeto Rio de Janeiro-Espírito Santo sem a droga.

O governo do Estado planeja instalar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Maré no primeiro semestre de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário