segunda-feira, 11 de novembro de 2013

CNA REUNIRÁ 250 EMPRESÁRIOS BRASILEIROS E CHINESES NO SEMINÁRIO AGROINVEST BRASIL EM XANGAI

 

Representantes dos cinco maiores fundos de investimento da China confirmaram presença

Xangai (11/11) - O seminário AgroInvest Brasil 2013, que a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoverá nesta terça-feira (12/11), em Xangai, para apresentar a compradores e investidores chineses as oportunidades oferecidas pelo agronegócio brasileiro, reunirá cerca de 250 participantes. Este número supera em 60% as previsões iniciais, demonstrando claramente o interesse chinês nas possibilidades de negociação com o  Brasil.

Até a véspera do evento, 161 empresários e instituições financeiras da China haviam confirmado presença ao cônsul brasileiro para comércio e investimento em Xangai, André Saboia. Há um ano o cônsul vem acompanhado o trabalho da CNA na China.

A lista dos chineses inscritos inclui compradores diretos, distribuidores, atacadistas e redes de supermercados que têm interesse nas oportunidades ofertadas pelas cadeias agroindustriais do Brasil. Entre os participantes, estarão os cinco maiores fundos de investimento da China.

O vice-presidente da Guotai Junan Securities de Xangai, Xu Jin Sheng, será um dos palestrantes. Ele vai falar sobre os interesses dos investidores chineses no agronegócio brasileiro, em nome do segundo maior fundo de seu país.

O seminário será aberto pela presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, líder da missão que está trazendo à China 60 empresários e entidades representativas da agropecuária do Brasil. Ao lado da cônsul geral em Xangai, Ana Cândida, a senadora dará início ao ciclo de palestras, falando das oportunidades comerciais e de investimentos no agronegócio brasileiro. Em seguida, o diretor do Departamento de Operação do Ministério de Comércio da China, Wu Guo Liang, apresentará um panorama  sobre o consumo de alimentos e bebidas em seu país.

Também participam da missão da CNA em Xangai presidentes de sete Federações da Agricultura e Pecuária dos Estados: Eduardo Riedel (MS), Almir Sá (RR), Flávio Saboya (CE), Roberto Simões (MG), José Hilton de Sousa (MA), Júlio Rocha (ES), Luiz Iraçu Colares (AP). Parlamentares que representam o setor agropecuário, como o líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado, e os deputados Irajá Abreu (PSD-TO) e Marcos Montes (PSD-MG), completam o time do Brasil no seminário.

A importância da Zona Piloto de Livre Comércio de Xangai no fornecimento de alimentos e bebidas para o mercado chinês será tema da palestra do secretário-geral do Conselho Chinês para a Promoção de Comércio Internacional (CCPIT) em Xangai, Yu Cheng.  Também participará da sessão de abertura o vice-diretor da Administração Geral de Qualidade, Supervisão, Inspeção e Quarentena (AQSIC), Lu Zhong Shan, abordando a aplicação dos controles de sanidade alimentar em defesa da saúde do consumidor chinês.

A CNA apresentará, na abertura do seminário, uma nova plataforma para cadastramento de projetos – o portal AgroInvest – que será uma espécie de vitrine de oportunidades para parcerias comerciais e de investimento entre o Brasil e a China. Os principais projetos serão apresentados por entidades e empresários brasileiros em sessões paralelas ao longo do seminário. As potencialidades de vendas e de atração de investimentos poderão ser exploradas posteriormente, por meio do sistema de cadastro oferecido pelo portal AgroInvest.

O grande número de inscritos reflete a excelente reputação dos produtos brasileiros na China. Há um reconhecimento por parte dos chineses de que a segurança alimentar já é marca dos produtos do Brasil. 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1411/1419
www.canaldoprodutor.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário