segunda-feira, 24 de junho de 2013

LAGOA DO MATO, AGORA, TEM ASSOCIAÇÃO COMUNITARIA

 

Cruz. Sábado, 22, foi uma data histórica para os moradores da comunidade de Lagoa do Mato, no Município de Cruz.

image

Diretoria da Associação

Trata-se de um pequeno logradouro, situado a 20 Km da sede do município, mas de difícil acesso. Durante muitos anos, seus moradores viveram no isolamento, razão pela qual é uma comunidade desconhecida para a maioria da população do município. A comunidade tem dois acessos, sendo uma estrada de areia com 5km de extensão e outra que atravessa um lago. No final da década de 90, o então Prefeito Manoel Israel construiu uma passagem molhada que facilitou o acesso a comunidade. Também, foi a última localidade do município a receber energia elétrica monofilar, há cinco anos.image

Everardo, Henrique e Chico Sousa

As 40 famílias que residem no entorno da Lagoa, não dispõem de água encanada, não tem telefone, não há prédio escolar nem Posto de Saúde. Não tem igreja nem casas comerciais. Para fazer compras, consultas médicas, ligações telefônicas, estudar, assistir missas ou para praticar qualquer tipo de diversão, as pessoas são obrigadas a se deslocarem para as comunidades vizinhas.image

Sede da Associação de Lagoa do Mato

As famílias residentes vivem de uma agricultura familiar e todas são de baixo poder aquisitivo. São pessoas simples e hospitaleiras e pouco se preocupam com as mudanças que acontecem lá fora. A televisão começou a fazer parte da vida das pessoas somente com a chegada da eletricidade há poucos anos.

Além do isolamento, existe nos municípios vizinhos de Acaraú, Bela Cruz e Jijoca de Jericoacoara, outras comunidades com o mesmo nome de Lagoa do Mato, que são bem mais conhecidas fazendo com que as pessoas ao ouvirem falar desta localidade logo pensam que é uma das outras.

image

Vereador Chiquinho Sousa

Também, esta comunidade é a única existente no município que ainda não foi enganada com o golpe das falsas associações que foram criadas no município com o propósito de conseguirem verbas em benefício próprio usando o nome da população.

Diante deste quadro desolador, a Federação das Associações Comunitárias do Município de Cruz, através do seu Presidente Eng. Agrônomo Antônio dos Santos, reuniu-se com a comunidade e propôs a criação de uma associação comunitária, desde que houvesse um amplo debate com a comunidade em torno do assunto. Por estarem de acordo, houve várias reuniões com exposições e questionamentos, onde as pessoas tornaram-se mais esclarecidas sobre a importância de uma associação para o desenvolvimento da comunidade.

Após a elaboração do Estatuto Social, com a participação da comunidade, escolhidos os membros da primeira diretoria, definida a data da fundação da associação, foi publicado um edital para a Assembleia Geral de constituição da associação que aconteceu dia vinte e dois de maio, às 16hs. image

O Presidente da Associação e o Presidente do Sindicato

Além das pessoas da comunidade, estiveram presentes a Diretoria da Federação das Associações do Município, que aprovou o Estatuto Social, o Presidente do Sindicato da Agricultura Familiar José Simão, o Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Cruz Professor Francisco Henrique, que presidiu a Assembleia, o Vereador Chiquinho Sousa, o Secretário Municipal Clairton e lideranças comunitárias que foram prestigiar o evento. Foram eleitos e empossados para administrar a associação, até o dia 6 de dezembro de 2015, as seguintes pessoas: Presidente: Everardo José de Paiva; Vice-Presidente: Antônio Ferreira de Paiva; Primeiro Secretario: Eliane Maria de Paiva; Segundo Secretário: Djaci Eufrásio da Silva; Primeiro Tesoureiro: Agriberto Genésio da Costa; Segundo Tesoureiro: Luís Batista de Souza. Para o Conselho Fiscal foram eleitos como membros efetivos os associados: Maria Jaqueline da Costa (Presidenta), Pedro Raimundo da Costa e Gilvan Manuel de Sousa. Como membros suplentes os associados: Francisco Pereira da Silva, José Oderno de Paiva e Demétrio Raimundo da Costa.image

Secretário Clairton

A Federação comprometeu-se a dar total assistência à associação com o objetivo de que todos adquiram a habilidade devida para uma boa e eficiente atuação frente a instituição que acaba de nascer, com o compromisso de desenvolver a comunidade lutando pelos seus ideais de forma honrosa e ordeira.

O Prefeito Adauto deu todo o apoio necessário para a constituição desta instituição a quem a comunidade agradece.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário