sexta-feira, 13 de julho de 2012

POLICIAIS DO RONDA DO QUARTEIRÃO FAZEM PRISÃO DO ACUSADO DO CRIME DO MOTEL EM SOBRAL-CE

Por Clevis Oliveira

CRIME_DO_MOTEL7_cpia

ACUSADO MADERSON

CRIME_DO_MOTEL1_cpia

QUARTO QUE ACONTECEU O CRIME

Na manhã de hoje, sexta-feira 13 / 07, foi preso o acusado do crime do motel Paraíso no ultimo dia 08 / 07 domingo. Informações do Sargento Fonteles, desde o dia do sinistro, a polícia já vinha diligenciando, tentando identificar todas as peças do latrocínio. E na madrugada de hoje, a RD 1205 comandada pelo SD Izaías, que fazia a área do alto do cristo, se deparou com uma moto parada próximo a porta de uma residência na rua Antônio Felix Ibiapina 543 no bairro Alto do Cristo, onde a numeração da placa batia com a placa da moto que tinha sido levada de assalto no crime do motel. O policial Izaías, passou o numero da placa para a Ciops, que foi confirmada sendo realmente a moto da vítima do crime. Por ser madrugada, 3:15 da manhã, o policiamento do Ronda, a RD 1205, teve que fazer campana defronte a residência e alertou as outras RDs das áreas mais próxima, que ficassem alerta. Por volta das 5:40 da manhã, a equipe teve sucesso, quando o individuo conhecido por Maderson Marques Araújo de 23 anos residente no bairro Alto do Cristo, no momento que ele tentou sair na moto, os policiais impediram dando voz de prisão ao acusado. O Sargento Fonteles, ao perguntar o mesmo sobre o crime, ele negou começando uma série de mentiras que foram confirmadas. Nada que ele falava se confirmava, levando a confirmação que ele era mesmo o assassino do crime do motel. No primeiro momento o acusado informou que teria pedido a moto emprestada a uma pessoa de nome Wellington da Cohab ll que a policia identificou o mesmo, mas que já a algum tempo, ele, Welington, está preso, a primeira mentira. Segunda mentira, o acusado falou que teria comprado a moto no bar de uma pessoa de nome Jander na Cohab ll na rua B, teria comprado de um rapaz que ele não sabia o nome e que o rapaz teria ido para Fortaleza. Os policiais foram verificar, encontraram o bar e o proprietário que é uma pessoa de bem, que informou que o acusado, tinha aparecido no seu bar a pé, sem moto, ele estava na companhia de dois individuo, um de nome “ESTRELA” e o outro de nome “TIAGO” ambos já tem um histórico complicado com envolvimento com drogas e outras coisas, segundo o Sargento. Mais uma mentira. Para confirmar, os policiais foram a procura do “ESTRELA E TIAGO”, sendo encontrado o “TIAGO” e a conversa que ele teve com a policia, não confirmou o que o acusado disse. Mais uma mentira que fez a policia ir até a residência do Maderson. Ao chegar na residência do acusado, foi explicado toda a situação para a família, e foi pedido o capacete que o Maderson usava, capacete esse, que foi reconhecido pela família da vítima como sendo o capacete que a vítima de nome Antônio de Sousa Filho, usava. Ainda foi informado para polícia, através de populares, que o Maderson, logo depois do crime, apareceu na Cohab, oferecendo a moto pelo valor de 700 reais. Uma testemunha ainda fez o reconhecimento e confirmou. Mesmo com o acusado negando à todo momento, o Sargento Fonteles, não teve mais dúvidas que ele seria o autor do crime de latrocínio. Ele foi levado a Delegacia de Polícia Civil e horas depois, ele veio a confessar para o Subtenente Mesquita, que realmente, era o autor do latrocínio, roubo seguido de morte. Ele falou que foi convidado pela vítima, para ir ao motel, chegando no local, a vítima queria transar com ele, coisa que o mesmo não queria, e disse ainda, que a vítima estava com uma faca, e insistia para transar. Foi quando começou uma discursão entre os dois, momento que ele, acusado, apagou o Antônio Filho e desferiu as perfurações na vítima na região da orelha que veio a óbito. Como o motel não tem quase nada no quarto, não tem conferencia quando o cliente vai sair. Ele disse que pagou e saiu. Mais um crime desvendado.

CRIME_DO_MOTEL4_cpia

VÍTIMA

CRIME_DO_MOTEL5_cpia

FACA DO CRIME

CRIME_DO_MOTEL6_cpia

CAPACETE ENCONTRADO NO QUARTO DO MOTEL

CRIME_DO_MOTEL9_cpia

CAPACETE DA VÍTIMA ENCONTRADO COM ACUSADO

CRIME_DO_MOTEL11_cpia

MOTO RECUPERADA

CRIME_DO_MOTEL10_cpia

JADER BRAGA E IZAÍAS, OS POLICIAIS QUE FIZERA A PRISÃO DO ACUSADO

Grifo meu: É a banalização da vida numa cidade insegura

Um comentário:

  1. Olá amigos! Parabéns pelo o seu site, muito bom mesmo!
    Também trabalho nesta área vejam o meu site: www.varjotadestaque.com

    ResponderExcluir