segunda-feira, 16 de julho de 2012

Pesquisa identifica comportamento do turista no Brasil

 

Estudo foi realizado pelo Sebrae em parceria com a CNTur

Leandro de Souza

Brasília - Quem faz turismo no Brasil? O que eles pensam? O que procuram? Quais as principais reclamações? As respostas para essas e outras perguntas podem ser encontradas na pesquisa Perfil do Turista e dos Segmentos de Oferta – Comportamentos e Percepções. Trata-se de um estudo inédito produzido a partir da parceria do Sebrae com a Confederação Nacional do Turismo (CNTur) que será lançado nesta terça-feira (10), às 14h, em São Paulo.
O estudo foi realizado com o apoio da metodologia de focus groups, aplicada nas cinco regiões do país. A pesquisa reúne informações que revelam o pensamento dos consumidores de turismo, tanto sobre os destinos já consagrados como sobre os lugares ainda pouco explorados. Para a gerente de Atendimento Coletivo Serviços do Sebrae, Ana Maria Coelho, o documento vai auxiliar a cadeia produtiva do turismo a definir as ações mais adequadas para atrair os clientes.
“A partir de informações por segmento, como feito na pesquisa, as percepções extraídas do olhar do consumidor são importantes para tornar os pequenos negócios turísticos mais competitivos. O estudo foi realizado com foco em preço, segurança, hospitalidade e gastronomia, por exemplo”, explica Ana Maria Coelho.
O levantamento integra o projeto Fortalecimento da Gestão das Micro e Pequenas Empresas do Turismo Brasileiro, que prevê ações de capacitação em gestão, aprimoramento e qualificação na prestação de serviços para ampliar a satisfação dos consumidores. Também mostra que a satisfação dos clientes que já visitaram uma determinada localidade é um dos principais fatores para a promoção do destino turístico.
É o efeito "boca a boca", que se caracteriza quando uma pessoa comenta com outra sobre a qualidade de um determinado lugar visitado. A partir da consolidação dessa informação, os agentes produtivos podem traçar planos para superar as dificuldades, como treinamentos, qualificações profissionais, hospitalidade e ética, tanto para os empresários de MPE quanto para os funcionários.
O estudo indica que receber bem o turista de negócios, por exemplo, é importante para fidelizar e dinamizar as vendas de um determinado destino. A oferta diversificada implica no aumento da receita. Já o fator inflação demonstra a necessidade de transparência e adequação do produto ou serviços ao preço cobrado.
O lançamento da pesquisa Perfil do Turista e dos Segmentos de Oferta – Comportamentos e Percepções será realizado no Hotel Bourbon Convention Ibirapuera, em São Paulo.
Serviço
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243.7852 / 3243.7851 / 8118.9821 / 9977.9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Nenhum comentário:

Postar um comentário