quarta-feira, 19 de outubro de 2011

NOTÍCIAS DO MUNICÍPIO DE CRUZ

clip_image002

Cruz. Nesta época do ano com muito calor, pasto seco e ventos fortes o clima torna-se favorável aos focos de incêndio na zona rural. Foi o que aconteceu nesta segunda-feira, 17, por volta do médio dia, quando um foco de incêndio surgiu nas margens da estrada CE – 85, entre Cruz e Jijoca de Jericoacoara, na localidade de Lagoa Velha, quando um fogo destruiu vários hectares de cajueiros e queimou cerca. Não se sabe a origem do fogo, mas acredita-se que tenha se originado de alguma ponta de cigarro ou fagulhas emitidas por veículo que passou pelo local. Difícil de controlar, pois além da rapidez com que o fogo se alastrou, a fumaça e o calor impediam a ação dos trabalhadores para que o incêndio fosse debelado. clip_image004

Mercadorias nas calçadas. Outra sena inusitada é a presença de mercadorias que os comerciantes colocam nas calçadas do Centro Comercial de Cruz. Mesmo com a reclamação constante por parte da população, não há providência para coibir este abuso por parte das autoridades competentes. Os pedestres são obrigados a trafegarem pelas ruas disputando espaço com os veículos.

clip_image006

O Mercado do Produtor Bernardino José do Nascimento, construído há vários anos, com o objetivo de oferecer condições para que os produtores rurais comercializassem suas mercadorias diretamente com o consumidor, medida que visava combater o atravessar continua abandonado servindo de estacionamento para veículos. Está sendo usado uma vez por ano quando o Sindicato Rural promove a Feira da Agricultura Familiar.

clip_image008

O Terminal Rodoviário Raimundo Pinto da Silveira, construído com ampla área de estacionamento, que deveria destinar-se ao embarque e desembarque de passageiros vindos da zona rural e servir de estacionamento de veículos, apenas é utilizado pelos ônibus intermunicipais. Enquanto isto acontece, o centro fica engarrafado, conforme já mostrado em reportagem anterior. Não é fácil encontrar um local para estacionamento.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário