domingo, 27 de fevereiro de 2011

MORADORES DO DISTRITO INDUSTRIAL DE SOBRAL,RECEBEM REPRESENTANTE DA CONSTRUTORA MERCURIO ENGENHARIA

Olá Amigos, Bom Dia!
Os Moradores do distrito industrial de Sobral, localizado ás margens da br 222, rceberam ontem dia 26, o senhor Irapuan Pinheiro,( foto camisa listrada) dizendo ser ele, o representante legal da Construtora Mercúrio engenharia com endereço de escritório á rua Rodrigues júnior - centro -Fortaleza - Ceará.
O mesmo Identificou-se junto a comunidade, em nome da referida empresa reclamando a posse das terras já habitadas pelo moradores. o que causou apreensão e está mexendo o psicológico de todos.
A reunião aconteceu na séde da Associação Comunitária local, representada pelo presidente Francisco Ivanildo, e lideranças.
Em defesa da comunidade, o ex-mototaxista Lira (tesoureiro da Associação) usou da palavra com argumentos fixos e decisivos que naquele trecho ali, já apareceram muitos donos, e que alguns moradores já pagaram por elas, e outros estão com dividas financiadas pelo banco para criação e cultivo da
terra. - Entaõ qual seria o pensamento da Construtora em relação a esses moradores?
O SenhorIrapuan Salientou que a construtora Mercúrio Engenharia, não pretende expulsar ninguem, e nem esta á pedindo que ninguem abandone suas moradias.
-Que todos os que estão ja´fixado ali,podem permanecer a vida toda, pois a própria construtora irá cuidar de legalizar a todos com documentos de posse.
-Que quem quizer sair e desocupar as terras, a Construtora irá indenizá-los dentro dos conformes.
Mas que também a Construtora Mercúrio não permitirá que ninguem mais faça nenhuma construção nem cerca de divisas em suas terras. -Pois a mesma pretende urbanizar a região e loteá-los, realizando calçamento, saneamento,agua,luz, e assim até beneficiando os moradores já existentes.
A comunidade aplaudiu as idéias expostas pelo senhor Irapuan, mas não fechou nenhum acordo com o mesmo. Pois pretendem formar uma outra Assembléia com todos os moradores dali fazendo levantamento de bens e beneficios agricolas e criadores,como também procurar saber quem quer desocupar a área ou não.
O Senhor Irapuan fechou a reunião salientando que a construtora pretende resolver a situação pacificamente, fazendo acordos que beneficie aos próprios moradores sem terras, sem ter que mover nehuma ação judicial contra ninguem.
Os moradores sentiram-se mais seguros com a ideia de não ter que sair de seus pedaços de chão.
O presidente da Associação Comunitária dos moradores do distrito Industrial, senhor Ivanildo disse que em outro momento,marcaria uma Assembléia e chamaria a Construtora para as decisões.
Os representantes legais trocaram numeros de telefones e endereços e estão aguardando novas investidas.
Estiveram presentes o Presidente do Sindicato dos mototaxista e o presidente da Ong Construtores da Paz, e radialista Senhor Edilson Silva, que fez a reportagem e gravação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário