quinta-feira, 20 de março de 2008

Sobral vai ganhar Defensoria Modelo

A Defensoria Pública do Estado do Ceará inaugurou, ontem pela manhã, a primeira Defensoria Modelo de Maracanaú. Com o início dos trabalhos, além de uma reestruturação física, haverá também um aumento, de três para sete, no número de defensores que irão atuar no município.

Com a Defensoria Modelo, “teremos mais liberdade para exercer o nosso papel. Antigamente o mesmo defensor que realizava o atendimento, acumulava o trabalho da petição inicial. Na nova estrutura, a população do município agora terá condições de, realmente, saber o que é Defensoria Pública”, afirmou o coordenador da Defensoria Modelo em Maracanaú, Fábio Ivo.

Segundo Fábio Ivo, a chegada dos novos defensores vai facilitar a realização das atividades extraprocessuais. Entre elas, citou, como exemplo, visitas a escolas, abrigos e hospitais do município, permitindo uma integração maior com a comunidade carente.

Durante o evento, o defensor público Samuel Marques apresentou o projeto de descentralização e otimização do trabalho da Defensoria por meio da criação de outros pólos no interior do Estado, além de Maracanaú. “A proposta é criar mais 13 núcleos de Defensorias Modelo, tomando com base a necessidade de defensores na cidade”, explica.

Na ocasião, o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, se comprometeu em contribuir para viabilizar uma sede própria para a Defensoria. Ele também destacou a importância do trabalho da Defensoria Pública no município.

A defensora geral do Estado do Ceará, Francilene Gomes, disse que havia muita demanda reprimida na comarca de Maracanaú, com 25 mil processos para apenas três defensores, por isso o projeto começou naquela cidade. Ela afirmou que há demanda reprimida em cidades como Juazeiro do Norte, Crato e Sobral. “Queremos inaugurar Defensorias Modelo também nessas cidades nos próximos meses´, conclui.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário