terça-feira, 12 de agosto de 2014

Presidente do PT/CE ameaça deixar comitê de Camilo

 

Petistas seguem insatisfeitos com falta de autoridade na campanha pelo Palácio da Abolição.

Maurício Moreira
jornalismo@cearanews7.com.br

O presidente do PT no Ceará, De Assis Diniz, ameaça deixar o comitê do candidato ao governo do Estado Camilo Santana (PT) e voltar para a sede do partido. De Assis estaria incomodado com a falta de autoridade do partido dentro da campanha do candidato.
O líder petista está conversando dentro do partido sobre a situação e deve anunciar, ainda hoje (12), sua saída do comitê. A crise entre PT e PROS em relação aos mandos e desmandos na campanha de Camilo não é de hoje, desde julho petistas reclamam de estarem sendo boicotados por correligionários do governador Cid Gomes (PROS).
No mês passado, o vice-presidente nacional do PT, José Guimarães, e o próprio Camilo Santana conversaram com o ex-presidente Lula sobre a questão, mas parece que nem mesmo a intervenção de lideranças nacionais resolveu o problema.
Crise PT x PROS
Camilo Santana é o homem de confiança de Cid dentro do PT. Com a escolha de seu nome como cabeça de chapa da coligação, às vésperas do prazo final para anúncio de candidaturas, o deputado José Guimarães, vice-presidente nacional do PT, precisou abrir mão da disputa pelo Senado.
Com isso, o deputado estadual Mauro Filho (PROS), nome forte do Secretário de Saúde Ciro Gomes (PROS), foi lançado ao Senado, enquanto Izolda Cela, indicação de Ivo Gomes (PROS), ficou como candidata a vice-governadora.
Ou seja, os três nomes à frente da coligação "Para o Ceará Seguir Crescendo" foram escolhidos pela família Ferreira Gomes, por isso não é de se estranhar o afastamento do PT na campanha e a oposição da ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins a Camilo Santana.
Recebemos, da assessoria de comunicação do PT Ceará, na tarde desta terça-feira (12), nota de esclarecimento na qual o presidente estadual do PT-CE, De Assis Diniz, nega informações contidas nesta matéria. Segue, abaixo, a íntegra da nota assinada por De Assis Diniz:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
A respeito de nota intitulada “Presidente estadual do PT ameaça deixar comitê de Camilo Santana”, publicada no portal “Ceará News 7” na manhã desta terça-feira (12), assinada por Maurício Moreira, venho esclarecer:
Não há veracidade nas informações expostas na referida matéria.
Camilo é candidato do PT, partido que honrosamente presido no âmbito regional, e que está amplamente dedicado à eleição do primeiro governador petista do Ceará. Temos confiança no sucesso não apenas da campanha, mas do futuro governo que trará ao nosso Estado a experiência consagrada do modo petista de governar.
O fato de termos como aliado o governador Cid Gomes não apenas engrandece a candidatura de Camilo, mas também amplia nossa responsabilidade, pois, além de nosso compromisso maior com o bem estar das pessoas, teremos o desafio de dar sequência ao grande trabalho desenvolvido por Cid nos últimos oito anos.
A parceria entre PT e PROS não é nenhuma novidade. O sucesso do governo Cid Gomes tem grande colaboração dos governos petistas de Lula e Dilma, além da participação de nossas lideranças na gestão. A indicação de um candidato do PT foi um gesto de reconhecimento à importância e ao valor desta parceria, que seguirá firme no trabalho para que o Ceará continue avançando.
Francisco de Assis Diniz
Presidente do PT-CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário