sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Candidatos ao Governo comentam resultado de pesquisa eleitoral

 

Os candidatos ao Governo do Estado comentaram os resultados da pesquisa sobre as tendências de voto do eleitor cearense, realizada pelo Instituto DataFolha e divulgada nesta quinta-feira (14).
Os números levantados indicam a vitória de Eunício Oliveira (PMDB) já no primeiro turno, com 47% dos votos, e a colocação de Camilo Santana (PT) em segundo na preferência dos entrevistados, com 19%.
Os candidatos do PSB, Eliane Novais, e do Psol, Ailton Lopes, ficaram com 7% e 4%, respectivamente. Mais em: DataFolha aponta vitória de Eunício Oliveira em primeiro turno.
Veja como os concorrentes avaliam os números apresentados.
Eunício Oliveira (PMDB)
"A pesquisa aumenta a nossa responsabilidade e o nosso compromisso de, junto com a população, construir um novo jeito de administrar e de fazer política no Ceará. Mostra que ouvir as demandas e as sugestões da sociedade, como estamos fazendo desde o início, é o que o povo quer, chega de decisões de gabinete. E nos estimula a aumentar a mobilização e assim trazer novas ideias para o nosso Plano de Governo. O povo cearense está mostrando que quer participar, desde que seja ouvido e respeitado".
Camilo Santana (PT)
"Pesquisa é o retrato do momento. Eu vou continuar visitando os municípios, para conversar com as pessoas,ouvir suas demandas e apresentar minhas propostas. E trabalhar, junto com Dilma, Lula e Cid, até o último dia, para conquistar a confiança e o apoio da população cearense".
Ailton Lopes (PSOL)
"A indicação de que 16% dos eleitores ainda não sabem em quem votar e a presença de Cid Gomes entre os indicados ao Governo na avaliação espontânea, mesmo ele não podendo ser reconduzido ao Executivo, revelam que a população ainda não está por dentro do processo eleitoral. Nesse quadro, o PSOL encara como positiva a porcentagem conquistada, sendo este o melhor resultado já obtido pelo partido. Meu destaque entre os candidatos que já são bastante conhecidos pelo eleitor, mesmo antes do início das propagandas e da realização dos debates, também revelam que o cenário está aberto para a disputa".
Eliane Novais (PSB)
Após a confirmação da morte de Eduardo Campos, candidato à Presidência da República pelo PSB, Eliane Novais suspendeu as atividades de campanha e, de acordo com a assessoria de comunicação do partido, só se pronunciará sobre o pleito após o luto pela perda do líder político.

Fonte: Ceará News7

Nenhum comentário:

Postar um comentário