sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Assessor de economia de Marina defende que aluno da Unicamp pague mensalidade

 

Campinas Eduardo Gianetti da FonsecaneoliberalismoUnicampuniversidades públicasUSP

800px-Entrada_Unicamp_2O principal assessor econômico da candidata Marina Silva (PSB), Eduardo Giannetti da Fonseca, defende que alunos da Unicamp e de outras universidades públicas brasileiras paguem mensalidades. A bandeira, muito presente durante os governos de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), nos anos 90, ganha nova roupagem.

Uma nota nota do Jornal GGN afirma que Eduardo Gianetti, durante palestra em Campinas, no evento “A economia Brasileira: Desafios ao seu crescimento” defendeu o ensino pago nas universidade públicas, pelo menos para os estudantes que podem pagar e, segundo ele, os que fizeram nível médio em escola particular, podem pagar ensino universitário. Gianetti já havia defendido essa posição em outros eventos.

Em artigo recente, Wladimir Saflate diz que uma família que ganha 10 mil reais por mês teria que escolher, dentre os filhos, um deles para ingressar na universidade, como ocorre no Chile.

Há dois anos, o físico Leandro Tessler, em evento na Unicamp, há havia desmontado o mito do ensino pago nos Estados Unidos. “O ensino superior nos Estados Unidos, tanto público quanto privado, é pago. Mas a chamada propina dos alunos não cobre os custos e, em alguns casos, nem chega perto disso. Apesar de não haver um sistema de educação nacional, o governo federal é a maior fonte de recursos das instituições”, disse no evento. Ainda segundo notícia da própria universidade, as escolas de ensino superior dos EUA receberam, em 2009, 153 bilhões de dólares do governo federal e 78 bilhões dos estados, na forma de auxílio estudantil, financiamento de pesquisa e benefícios fiscais. “É uma cifra astronômica, considerando que a Unicamp, por exemplo, recebe um bilhão de dólares em um ano normal”, completou. (Carta Campinas)

http://cartacampinas.com.br/2014/08/assessor-de-economia-de-marina-silva-defende-que-aluno-da-unicamp-pague-mensalidade/

Nenhum comentário:

Postar um comentário