sexta-feira, 19 de julho de 2013

PRAIA DO PREÁ, DE TODAS AS TORRES, DAS COMUNICAÇÕES

 

Cruz. As tecnologias das comunicações nos surpreendem com o que vemos nos dias de hoje.

clip_image002

Jamais, alguém seria capaz de prever que um dia a Comunidade do Preá, uma pequena Colônia de Pescadores, Município de Cruz, um lugar, que até pouco tempo, vivia isolada do resto do mundo, conseguisse tantas conquistas na área de comunicação.

Informações somente por cartas ou pelo radinho de pilha muito apreciado na época.

Lembro-me dos tempos em que o telefone mais próximo era nas cidades de Acaraú (50Km) ou Bela Cruz (42Km). Para fazer uma ligação, teríamos que caminhar por uma estrada carroçável, cheia de buracos e com muita areia no Verão e muita água e lama no Inverno. Dez horas de viagem.

Agora, está tudo mudado. Na Praia do Preá, temos energia elétrica (1988). Um Posto Telefônico da Teleceará veio para aproximar os pais dos filhos que moravam em Fortaleza e São Paulo. As filas eram enormes para que as pessoas conversassem com seus familiares.clip_image004

Logo apareceram os primeiros televisores preto e branco e coloridos. Depois veio as antenas parabólicas. Uma grande novidade para a época. Os meios de comunicação não pararam mais de evoluir. Chegou o telefone fixo e logo apareceu os celulares. Não tardou, e a internet chegou fazendo a maior revolução em comunicação. TV por assinatura está presente em muitos lares da comunidade.

A paisagem mudou. Está diferente. As antenas estão por toda parte. Antenas para internet (3), antenas para celulares, antenas para telefone fixo, antenas para parabólica, antenas para Tv por assinatura e antenas para rádios comunicadores usadas pelos pesadores. Ainda não temos antena para emissoras de rádio, mas temos antenas para testes dos ventos para usinas eólicas. Desapareceram as antenas comuns para Tv e rádios AM e FM.

clip_image006

Hoje, a Praia do Preá, saiu do isolamento e já podemos chama-la de comunidade das antenas de comunicação. Elas estão por toda parte.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário