sexta-feira, 19 de julho de 2013

Dilma inaugura estações de metrô em Fortaleza; líder destaca ineditismo de ações

 

DilmaGuimaraes18072013

A presidenta Dilma Rousseff inaugurou ontem as estações de metrô Chico da Silva e José de Alencar, que fazem parte da Linha Sul de Fortaleza (CE). O metrô vai atender 350 mil passageiros por dia e percorrerá 24 quilômetros. O empreendimento teve um custo de R$1,5 bilhão. Destes, R$1,2 bilhão provém do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
No seu discurso a presidenta Dilma lembrou que antes dos governos do PT à frente do Executivo Federal, muito pouco se investia em transporte coletivo no Brasil. Segundo ela, nas décadas de 80 e 90 foi convencionado que as questões referentes ao transporte coletivo eram de responsabilidade das prefeituras e do estado e o governo federal não tinha que investir nesse setor.
“Nós não concordamos com isso, achamos que este é um problema dos brasileiros e, portanto, é um problema do governo federal também. É por isso que colocamos R$ 89 bilhões para os programas de mobilidade urbana, com 192 obras em 100 cidades de médio e grande porte. Esses R$ 89 bilhões têm por objetivo fazer metrôs, VLTs, os BRTs e os corredores de ônibus”, explicou.
Parceria - O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE), um dos convidados da solenidade, destacou a parceria entre o governo federal e o governo do Ceará. Essa parceria, avaliou Guimarães, revela a vontade política e a determinação desses entes federados. “É um empreendimento de grande significado para Fortaleza. É o maior programa de mobilidade urbana do mundo”, enfatizou Guimarães.
Cinturão das Águas - No mesmo evento, a presidenta Dilma assinou a ordem de serviço que permitirá a construção do primeiro trecho do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). A obra abastecerá 17 municípios da região do Cariri. Do total de R$ 1,5 bilhão destinado a esse empreendimento, R$ 1,1 bilhão virá dos cofres do governo federal e R$ 393,5 milhões serão investidos pelo governo estadual. A conclusão da obra está prevista para o fim de 2015. 
“O Cinturão das Águas tem por objetivo envolver todo o Ceará e dar segurança hídrica para todos os moradores do estado. Dar segurança hídrica aos moradores é um dos grandes desafios que todos aqueles que se interessam e que amam o Nordeste têm a obrigação de fazer”, enfatizou Dilma.
Para o deputado José Guimarães, a inciativa “é o início da maior obra hídrica da história do Ceará” e, arrematou: “É uma agenda virtuosa de grande envergadura. Nunca um presidente investiu tanto no Ceará como a presidenta Dilma”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário