quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Jornal Nacional assassinou reputação de um homem justo

 

Por Paulo César

O Jornal Nacional da TV Globo apresentou, no dia 5 de fevereiro de 2015, reportagem em que cita a delação do Sr. Pedro Barusco, Ex-Gerente Executivo da área de engenharia da Petrobras. Nessa reportagem, tenta-se envolver o Ex-Diretor de Exploração e Produção, Sr. Guilherme Estrella, no esquema de corrupção da Petrobras, inclusive com apresentação da foto dele. Com o objetivo de esclarecer a situação, envio a vocês cópia do depoimento do Sr. Pedro Barusco, no qual é afirmado exatamente o contrário. O advogado do Sr. Guilherme Estrella apresentará representação contra a TV para exigir uma reparação formal.

Nessa delação, indagado se o Diretor Guilherme Estrella sabia dos pagamentos de propina e da sua divisão, o Sr. Pedro Barusco afirma que não, uma vez que "nunca viu ele participando de nada, falando de nada, era muito reservado, e, se sabia de algo, desconfiava, guardou para si, pois nunca insinuou nada".

Como Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados, tomo a liberdade de dar um breve depoimento pessoal sobre o Dr. Estrella, com quem trabalhei por muitos e muitos anos.

Quando eu era funcionário do Centro de Pesquisa da Petrobras, ele foi meu superior como Superintendente na área de exploração e produção. Ao longo de mais de 15 anos, nunca vi nenhuma conduta que o desabonasse. Pelo contrário, sempre foi símbolo de correção e respeito à Petrobras. Creio que o Brasil deve muito ao Sr. Guilherme Estrella, pois ele foi o grande responsável pela descoberta da província do Pré-Sal, que vai mais que triplicar as reservas nacionais de petróleo. Ele foi fundamental para que, em 2006, na área de Parati, a Petrobras iniciasse a perfuração do “poço descobridor” dessa província. Dessa forma, o Sr. Guilherme Estrela merece receber as mais justas homenagens das instituições nacionais e do povo do brasileiro.

Penso ser muito importante que esse esclarecimento seja divulgado.

http://jornalggn.com.br/noticia/jornal-nacional-assassinou-reputacao-de-um-homem-justo#.VNpGW28npYG.facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário