quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Contadora de Youssef diz que Eduardo Cunha resolveria “problema de notas”

 

11 de fevereiro de 2015 | 23:17 Autor: Fernando Brito

cunhapoza
A entrevista é ruim. Sofrível, se quisermos ser gentis.

Mas o fato é bombástico.

Meire Poza, contadora de Alberto Youssef, disse em entrevista à RedeTV! que um dos operadores do doleiro era o senhor Ari Ariza, que se gabava de “resolver qualquer problema” de notas fiscais com o deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara.

Uma rápida pesquisa na internet revela que Ari Ariza é Ari Teixeira de Oliveira Ariza, condenado em 2010 a pagar R$ 500 mil de multa por operações cambiais fraudulentas realizadas em 2002, num processo que envolveu a Eucatex (de Paulo Maluf), Flávio Maluf e a Corretora Bônus-Banval, aquela do padrinho de Paulo Roberto Costa, o falecido José Janene. Ah, e a UTC Engenharia, uma das metidas na “Lava Jato”.

A imprensa ignorou solenemente as declarações da contadora.

Mesmo ela tendo dito que Ari “sempre disse que ele e o deputado Eduardo Cunha são bons amigos” e que “foi emitida uma nota no valor de mais de um milhão (em favor de Youssef). O Ari dizia que qualquer problema com a nota ele falaria com o Eduardo Cunha”

O Doutor Sérgio Moro vai pedir a prisão preventiva de Ariza?

Vai deixá-lo na carceragem da PF até ele assinar uma delação premiada contando como era colorida (de verde?) essa amizade com Eduardo Cunha?

Colo aqui embaixo o vídeo, para que você veja, onde a pobre reporter não é nenhuma Glória Maria, para produzir um choque nacional.

Embora tenha mil vezes mais conteúdo que a conversa fiada de Venina Costa.

Fonte: http://tijolaco.com.br/blog/?p=24720

Nenhum comentário:

Postar um comentário