quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Greve da PF é o mais novo desafio para Governo Dilma

 

Os policiais se somam a outras categorias de servidores que estão parados

Por: Luzenor de Oliveira

O mês de agosto começa com mais um desafio para o Governo Federal: os policiais federais endossaram as manifestações de descontentamento salarial e reunidos, nesta quarta-feira, em Brasília, decidiram deflagrar uma greve nacional. São mais de 250 mil servidores em greve. Uma das paralisações mais longas é dos professores das universidades federais.

A Federação Nacional dos Policias Federais, entidade que congrega os servidores da PF, anunciou a paralisação. O dia-a-dia nos aeroportos, portos e postos de fronteira será afetado a partir da próxima semana. A greve será sentida por quem passa ou precisa de serviços nesses órgãos.

O movimento definiu a manifestação como operação padrão. O reajuste de salários e a reestruturação da carreira estão entre as reivindicações dos policiais federais que querem, também, a demissão do Diretor-geral do órgão, Leandro Daiello. Outros detalhes na edição desta quinta-feira do Jornal Alerta Geral, que começa as 7 horas. Você acompanha o Alerta Geral pela Rádio FM Canaã 104.3 (Grande Fortaleza).

Nenhum comentário:

Postar um comentário