quarta-feira, 8 de agosto de 2012

174 mulheres assassinadas no Ceará em um ano

“Ana Cristina acreditava na bondade do marido. O casal brigava, mas o perdão e o amor predominavam. Ela sempre deixava para lá as agressões, os xingamentos, as brigas. Nunca registrou qualquer ocorrência. Negava problemas domésticos quando indagada pela família.

Ana Cristina Vieira do Amarante, 39 anos, foi assassinada com três tiros na madrugada do último domingo, no Jardim das Oliveiras. O sepultamento foi ontem. O principal suspeito de haver disparado contra a mulher é o ex-companheiro, que ainda não foi localizado pela Polícia. O crime levou o caso de Ana Cristina para estatísticas como a que está detalhada no Mapa da Violência 2012, levantamento final dos homicídios de mulheres no Brasil em 2010.

O estudo, publicado neste mês, aponta o Ceará como 22º estado do País em feminicídios. Naquele ano, foram quatro assassinatos para cada grupo de 100 mil mulheres, com 174 homicídios de pessoas do sexo feminino no Estado. Fortaleza é a 16ª entre as capitais, com 76 mortes e taxa de 5,8 por 100 mil mulheres.

O relatório é produzido pelo Centro Brasileiro de Estados Latino-americanos (Cebela) e pela Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (Flacso). A base para o documento é o Sistema de Informações de Mortalidade, do Ministério da Saúde. Em todo o Brasil, segundo o mapa, foram 4.465 mulheres assassinadas em 2010. O número é superior ao do ano anterior (4.260).

O índice de mortes é considerado alto por especialistas ouvidas pelo O POVO. “A morte de uma mulher já indica que alguma coisa precisa ser melhorada”, aponta a coordenadora do Centro de Referência e Atendimento à Mulher, Antônia Mendes. O centro presta assistência às vítimas em Fortaleza.

“O crime contra a mulher não é crime qualquer, merece atenção especial. As mulheres são mortas porque são mulheres”, lamenta a pesquisadora do Observatório da Violência contra a Mulher (Observem), da Universidade Estadual do Ceará, Hayeska Costa Barroso.

ENTENDA A NOTÍCIA

O Mapa da Violência é um documento que anualmente aponta a situação do Brasil. Em 2012, foi lançado documento especial de homicídios de mulheres, a partir de dados do Sistema Único de Saúde (SUS). No levantamento, Ceará aparece como 22º estado

Serviço

Acesse o caderno sobre homicídio de mulheres do Mapa da Violência em: http://bit.ly/QGZW6h

Denuncie casos de violência contra a mulher: 180 e 0800 280 0804 (Capital)”

O Povo

Do Blog do Macário

Nenhum comentário:

Postar um comentário