quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Nota de Esclarecimento do Conselho Tutelar de Sobral-CE. A nossa realidade.

 

Em relação à nota enviada pela Presidenta da Fundação de Ação Social, Sra. Jeovânia Aragão, ao blog do Bené Fernandes, onde enviou sua versão de como está o Conselho Tutelar. Informamos que a Fundação de Ação Social, vem mantendo sim este órgão com recurso humano, com educadores sociais, auxiliar administrativo, vigilantes e serviços gerais. Além dos recursos materiais de expedientes. Em nem um momento negamos isso, com uma ressalva, os computadores e o material de mobília fora doados pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Social – BNDS. A internet de última geração que foi alegado, só foi colocado pela Fundação após muitas cobranças feita por este órgão, pelo fato de que na época não estávamos conseguindo alimentar o banco de dados o SIPIA – Sistema Para Infância e Adolescência, que só foi normalizado aproximadamente três meses atrás.

A respeito do combustível: Desde que foi criado o cartão combustível, ele vem dando problemas constantemente. Sabemos que o problema não foi apenas neste órgão, mas se os outros não tiveram a coragem de denunciar o problema não é nosso, dizer que isso é excesso de zelo com coisa pública é brincadeira com a cara da população, a prefeitura tem muitos outros meios para saber se há mau uso dos veículos oficiais, penalizar o atendimento não dá para engolir calado!

A respeito do carro 2010, zero Km, modelo gol, adquirido pela Prefeitura Municipal de Sobral, a historia não é bem essa, este carro foi doado pelo BNDS, a Prefeitura Municipal de Sobral nunca doou nenhum carro para o Conselho Tutelar, quando assumimos o cargo de Conselheiro Tutelar, tínhamos um carro modelo gol, ano 2004/2004, placa HWN. 5655, que fora doado através do Fundo Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, que o dinheiro não vem do orçamento municipal. Quando o BNDS doou o carro, ficou pactuado que eles iriam doar um veiculo, mas iria ficar os dois carros no Conselho Tutelar para melhorar os atendimentos, mas a prefeitura descumpriu o acordado, retirando o gol 2004, no mesmo dia.

A respeito do carro disponibilizado para o sobreaviso, para quaisquer eventualidades, durante os finais de semana e feriados que a Sra. Jeovânia disse não faltar, no dia 15/11/11, deixamos de atender uma ocorrência devido o cartão ter bloqueado. O motorista entrou em contato com o Sr. Jorge, responsável pelos transportes da Fundação, que comunicou nada poder fazer, devido se tratar de um feriado a noite. Orientou o motorista a deixar o carro na garagem da prefeitura e em seguida fosse para casa.

Em relação a Sra. Jeovânia ao afirmar que nuca foi procurada pelos conselheiros tutelares para resolver tais problemas não é verdade. pois, acreditamos que quando ela tem como chefe de transportes da Fundação o Sr. Jorge, cabia a ele repassar os problemas que vinha ocorrendo a presidenta da Fundação, como cabe a ela repassar ao Sr. prefeito estas dificuldades. Por inúmeras vezes os conselheiros buscaram junto ao Sr. Jorge uma solução para tais problemas.

Temos certeza qual é o nosso papel na comunidade, comunidade esta que nos confiou como seus representantes na defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes, não seremos omissos e continuaremos a denunciar todos os atos que violem os direitos fundamentais de nossas crianças/adolescentes, como: falta de alguns medicamentos nos postos de saúde, falta de médicos, falta de atendimento psicológico especializados para as crianças e adolescentes, vitimas de violências psicológicas e de abuso sexual, entre outros.

Sobral é maior que estas picuinhas, o povo merece um atendimento de qualidade. Zelo com a coisa pública é priorizar o que é necessário.

Nota de esclarecimento, do Colegiado do Conselho Tutelar.

Postado por Conselheiro Raimundo Edson às Terça-feira, Novembro 22, 2011
--
Raimundo Edson de Aguiar Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário