segunda-feira, 14 de março de 2011

Terremoto parece ter deslocado Japão em 2,4 metros

Imagens da agência aeroespacial norte-americana (NASA, por suas iniciais em inglês) e cálculos do Serviço Geológico dos EUA (USGS) indicam que o terremoto parece ter deslocado o Japão em pelo menos 2,4 metros.

"Neste momento, sabemos que uma estação de GPS se deslocou 2,4 metros", afirmou o geofísico Kenneth Hudnut, do USGS.

O terremoto também acelerou a rotação da Terra e encurtou a duração dos dias em 1,6 microssegundo, de acordo com o geofísico Richard Gross, da NASA. As alterações, no entanto, provavelmente não serão sentidas na prática, já que cada microssegundo equivale a um milionésimo de segundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário