domingo, 13 de março de 2011

Sismo/Japão: nuvem radioativa poderá atingir a Rússia

O primeiro-ministro russo Vladimir Putin ordenou neste sábado a verificação dos planos e meios de socorro de emergência na zona oriental russa, em seguida ao incidente numa usina nuclear no Japão, informou a agência de notícias Ria-Novosti.  Foto:Odd Andersen/AFP

Uma nuvem radioativa emitida por um reator nuclear acidentado no Japão pode atingir a península russa de Kamtchatka em menos de 24 horas, segundo uma dirigente local do serviço de vigilância sanitária, citada pela agência de notícias Ria-Novosti.

PUBLICIDADE

"Segundo os dados preliminares, a nuvem de partículas radioativas deverá atingir logo a região", declarou a Novosti Natalia Jdanova.

"Isto pode acontecer devido a direção das massas de ar e a distância entre le Kamtchatka e o Japão", explicou.

A península fica a nordeste do Japão e do arquipélago russo de Kuriles.

Seundo ela, medições de radioatividade são realizadas de hora em hora em 28 estações de controle russas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário