terça-feira, 13 de julho de 2010

Lula: acho possível trem-bala estar pronto até 2016

Postado por Edilson Silva - Rg Prf. 3095

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje achar "plenamente possível" que as obras de construção do trem-bala que ligará Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro estejam prontas antes das Olimpíadas de 2016, que ocorrerão no Rio de Janeiro. "Até a Olimpíada, acho plenamente possível inaugurar a obra", afirmou Lula, durante solenidade de assinatura do edital do leilão do projeto.


Na ocasião, Lula também assinou a mensagem ao Congresso Nacional encaminhando o projeto de lei que criará a Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade (ETAV), estatal federal que será acionista do projeto. Segundo Lula, para concluir o projeto antes dos jogos olímpicos, talvez seja necessário criar três turnos de trabalho.

Lula também rebateu as críticas da Fifa à infraestrutura brasileira, principalmente de aeroportos, para receber a Copa do Mundo de 2014. "Já estão cobrando: cadê os aeroportos, cadê o metrô? Como se fôssemos um bando de idiotas que não sabe fazer as coisas", afirmou o presidente.

Em seguida, Lula disse que o Brasil vive um excesso de oferta de obras, mas "falta gente preparada para fazer as coisas que precisamos". Ele disse, em tom bem humorado, que está tendo até dificuldades para encontrar um profissional que troque o gesso do teto do seu apartamento em São Bernardo do Campo (SP), que sofreu infiltração. "Não tem um companheiro para colocar gesso no teto", disse o presidente.

Ao falar da ousadia do governo de iniciar o trem-bala, Lula chegou a comparar o projeto à Torre Eiffel de Paris, que foi muito criticada na época de sua construção. Lula afirmou que, nas últimas reuniões com chefes de Estado, reforçou o pedido para que eles apostassem no trem-bala brasileiro, afirmando que é "um projeto sério e irreversível". Durante a mesma solenidade, a ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, afirmou que o Brasil fará o trem-bala porque pode. "Por que faremos o trem de alta velocidade? Porque podemos, porque estamos maduros, porque temos o comando firme do presidente da República", disse.
Fonte- Leonardo Goy - Agencia Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário