quarta-feira, 7 de julho de 2010

Assalto a BB - funcionária continua internada em estado grave

Uma das vítimas do assalto a uma agência do Banco do Brasil de Reriutaba, a 309 quilômetros de Fortaleza, foi liberada com um tiro na cabeça, na tarde desta terça-feira, 6. A mulher, identificada como Ana Lúcia de Almeida Pontes, 46, foi mantida refém pelos bandidos, fortemente armados, e libertada na localidade de Carnaúba.

Segundo a Polícia, a vítima foi socorrida em estado grave e encaminhada à Santa Casa de Sobral, na Região Norte, onde será submetida a cirurgia para retirada do projétil, que ficou alojado na cabeça de Ana Lúcia. Informações preliminares dão conta, ainda, de que outras duas vítimas, um adulto e uma criança, foram libertadas sem ferimentos.

Policiais do Ceará e do Piauí montaram um cerco na Região Norte do Estado e na divisa com o Piauí, com o objetivo de localizar e prender os sete assaltantes, que fugiram em um veículo modelo Cross Fox. Segundo a Polícia, o carro foi encontrado abandonado em uma estrada carroçável ainda em Reriutaba, onde a quadrilha teria seguido em um outro veículo.

A Polícia acredita que o bando seja o mesmo que tem agido nos dois estados, nos últimos meses. Durante o assalto, houve disparos de armas de grosso calibre e pânico entre clientes da agência e moradores das proximidades do banco. Ainda não se sabe a quantidade em dinheiro levada pelo bando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário