terça-feira, 23 de setembro de 2014

Ler no Conversa Afiada me faz rir

Mau Dia: Dilma tritura a Urubóloga

Sem banco público não tem Minha Casa, Plano Safra e metrô !

A Presidenta Dilma Rousseff foi ao Mau Dia Brasil e passou com um trator cima dos números e da doutrina neolibelês da Urubóloga.
Foram 30 minutos de massacre.
Dilma começou por mostrar que foi a Polícia Federal do Governo dela quem descobriu os malfeitos do Paulo Roberto Costa, que estava há 30 anos na Petrobras.
Que no Governo dela não tem engavetador.
O Paulo Roberto era diretor da Gaspetro no tempo do FHC (quando o engavetador engavetava … – PHA).
Ana Paula Poeta (revisor, por favor, não toque !) atirou com uma Uzi: ah !, mas a senhora faz uma campanha do “medo”.
“Medo” ? Está tudo no programa dela, disse a Dilma – (dela a gente sabe quem é … – PHA).
Banco Central independente significa instalar um quarto poder na Praça dos … Quatro Poderes, disse a Dilma.
(É o sonho neolibelês – substituir o Executivo e o Legislativo por um Banco Central camarada, sob a batuta do Itaúúú– PHA).
Está no programa dela reduzir o papel dos bancos públicos.
Ah, é ?, perguntou a Dilma.
Sem os bancos públicos não tem Minha Casa Minha Vida, porque, na faixa mais baixa, o subsidio é entre 90% e 95%.
O banco privado vai topar ?
Sem o banco público não tem o Plano Safra de R$ 156 bilhões para a agricultura, em que R$ 134 bilhões são a juros negativos !
Não tem obra de infra-estrutura a 30 anos de prazo …
“Ela” também é contra a indústria nacional, porque é contra o “conteúdo local”.
A certa altura, a PhD pela Universidade Municipal de Caratinga, sub-sede da Chicago University, disse que os argumentos da Presidenta “não faziam sentido.”
Travou-se, então, uma discussão sobre a estrutura dos bancos centrais e a situação da economia mundial.
A PhD por Caratinga demonstrava que o mundo está uma maravilha e o Brasil é um desastre retumbante.
O Chile !, ela cita !
Mas, o Chile, Urubóloga ?
O Chile é do tamanho do Rio Grande do Sul – PHA.
O tempo todo a Presidenta tentava concluir o raciocinio: “deixa eu continuar, se não, é impossível”, “o debate é comigo, não”?
Mas, como demonstrou o Lula, os pigais (ver o ABC do C Af) merválicos (idem no ABC) agora fazem perguntas para que eles mesmos respondam, porque o importante são eles e, não, o coitado do entrevistado (especialmente se for a Dilma.)
Dilma explicou que está numa estratégia defensiva, à espera da recuperação dos Estados Unidos e da China, quando, então, a economia brasileira pode entrar numa outra fase, de menos estímulos para voltar a crescer.
O Brasil tem uma das menores dívidas do mundo.
(Como se sabe, o queridinho da PhD de Caratinga quebrou o Brasil três vezes, tirou os sapatos e, descalço, de pires na mão, foi ao FMI.)
A Dilma enfatizou que, enquanto há 100 milhões de desempregados no mundo, o Brasil tem uma taxa de desemprego – 5% – que equivale a pleno emprego.
O Brasil preservou, em plena crise, o emprego, a renda e o investimento !
E a Urubóloga que, como o Renato Machado, adora o “Reino Unido”, tentava enaltecer os “métodos” neo-libelês que lá fracassaram.
A erudição da Urubóloga sobre a “situação do mundo” não ultrapassa as páginas de O Globo …
A Petrobras já se recuperou, bradou a Dilma.
E isso terá um papel decisivo na recuperação do Brasil, disse.
A Petrobras bate records de produção, com 2,3 milhões de barris/dia.
O pré-sal – que maravilha !, viu Bláblá ? – já produz 530 mil barris/dia.
A Petrobras vai resolver o problema que ela mesma tinha criado no passado: o do déficit externo.
E o pré-sal e o petróleo vão investir maciçamente na Educação: 75% dos royalties e 75% dos resultados do pré-sal vão para a Educação.
Ai a PhD de Caratinga tentou demonstrar que os estudantes – 8 milhões das 436 escolas do Pronatec – estão, na verdade, desempregados.
Como se sabe, nos sombrios tempos do Farol de Alexandria e seu Ministro da (des)Educação, Paulo Renato de Souza, era proibido abrir escola técnica …
E o Pronatec foi, precisamente, uma forma de reforçar o ensino médio, já que o pobre não pode cumprir um currículo de 12 matérias com a premente necessidade de ajudar a família com salário.
(Rediscutir os currículos é um desafio, disse a Presidenta.)

http://www.conversaafiada.com.br/pig/2014/09/22/mau-dia-dilma-tritura-a-urubologa/

Nenhum comentário:

Postar um comentário