segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Justiça do Trabalho do Ceará é recordista nacional em Processo Eletrônico

 

A última etapa da mudança do processo em papel para o eletrônico em Fortaleza acontece nesta segunda-feira (10/12), quando as 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª varas do trabalho instalam o Processo Judicial Eletrônico (PJe/JT). Com o feito, o Ceará possui agora 22 varas trabalhistas operando o PJe/JT: 18 na capital e 4 no interior. O número equivale a 68% das unidades de primeira instância da Justiça do Trabalho no Estado, o que coloca o Ceará como recordista nacional de implantação de Processo Eletrônico.

“Fortaleza também será a cidade brasileira com o maior número de varas do trabalho a operar com o Processo Eletrônico”, destacou o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro João Oreste Dalazen, quando inaugurou o PJe/JT no Fórum Autran Nunes, em 12 de novembro.

Após a instalação do PJe/JT em Fortaleza, o Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) já contabiliza uma média de 100 novos processos por dia. De 12 de novembro a 7 de dezembro, 2.556 novos processos foram distribuídos para as 12 varas do trabalho da capital que já operavam o sistema. No Estado, já são 7.976 ações trabalhistas recebidas pelo PJe/JT e 3.676 audiências realizadas.

Para a presidente do TRT/CE, desembargadora Roseli Alencar, a acessibilidade proporcionada pelo Processo Eletrônico é responsável pelo aumento das ações trabalhistas. “Uma das principais vantagens do Processo Eletrônico é a possibilidade de advogados poderem iniciar novos processo a qualquer hora, em qualquer dia da semana, incluindo feriados”, ressaltou a presidente.

Com a ampliação do sistema de Processo Eletrônico, a distribuição dos processos entre os dias 10 a 23 de dezembro será feita exclusivamente para as 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª varas de Fortaleza. A partir de 24 de dezembro, a distribuição de novas ações retornará normalmente a todas as varas do trabalho da capital.

Metas: O TRT/CE superou em quase seis vezes a meta estabelecida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de implantar o Pje/JT em 10% das varas do trabalho de cada Tribunal em 2012. O Regional também já bateu a meta 13 do CNJ para 2013, de implantar o sistema em pelo menos 40% das varas do trabalho de cada Tribunal.

Mais informações:
Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)
Assessoria de Comunicação Social
Telefones: 85 33889227 e 33889426
E-mail: csocial@trt7.jus.br
Twitter: @trt7ceara

Nenhum comentário:

Postar um comentário