quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Demissão em massa de funcionários de banco provoca manifestação

 

O Santander em Teresina não funcionará das 8 às 12h nesta sexta-feira (7).
O protesto acontece nas agências instaladas na Rua Álvaro Mendes.

Gilcilene Araújo Do G1 PI

Comente agora

Funcionários do banco Santander em Teresina irão interromper as atividades nesta sexta-feira (7) para protestar contra uma possível demissão em massa. Segundo informações de Edvaldo Cunha, diretor regional do sindicato dos bancários, as duas agências do Santander instaladas na Rua Álvaro Mendes ficarão fechadas das 8 às 12h.

Conforme o sindicalista, na segunda-feira (3), o Santander de Teresina demitiu de uma só vez cinco funcionários, que segundo ele são pessoas que dedicaram de 24 a 28 anos de sua vida ao banco.

“Foram demitidos os bancários mais antigos, entre 45 e 50 anos de idade, pais de família, inclusive um deles com enfermidade. Além disso, tivemos informação que o banco prosseguirá as demissões nesta sexta-feira (7) e que pode atingir cerca de 5 mil funcionários em todo país. Isso é um absurdo, pois os trabalhadores brasileiros são os principais responsáveis pela maior fatia do resultado global da empresa (26%). O banco não demite na Espanha onde há crise, nem em outros países da América Latina. Não aceitamos que dispensem os funcionários daqui”, disse Edvaldo.

Ainda de acordo com diretor, as demissões estão acontecendo sem justa causa e a empresa não informa os motivos dos desligamentos. “Estas demissões estão acontecendo em todos os estados. Eles não informam os motivos pelos quais as pessoas estão encerrando os contratos apenas desligam sem prestar nenhum esclarecimento ao funcionário”.

O G1 Piauí entrou em contato com duas agências na capital e foi informado de que somente a direção nacional do banco poderá comentar sobre as demissões e paralisação. Ninguém da assessoria de imprensa foi encontrada para falar sobre o caso.
Para ler mais notícias do G1 Piauí, clique em g1.globo.com/Piauí. Siga também o G1 Piau

Nenhum comentário:

Postar um comentário