segunda-feira, 2 de março de 2009

Embrapa apresenta tecnologias na Feinco 2009

Três unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vão apresentar tecnologias na 6ª edição da Feinco, que acontece no período de 10 a 13 de março de 2009, em São Paulo (SP).

A Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral, CE), que está coordenando a participação da empresa na feira, vai apresentar ao público uma pesquisa que busca estratégias de destoxificação do farelo de mamona para viabilizar sua utilização na alimentação animal. Dentre as alternativas mais promissoras destacou-se o hidróxido de sódio, que já vem sendo utilizado há muito tempo para conservação e melhoria do valor nutritivo de forrageiras. Além do baixo custo esta estratégia permite que pequenos produtores possam destoxificar o farelo na propriedade. "O hidróxido de sódio nos ensaios experimentais, demonstrou 100% de eficácia quando ao desaparecimento da ricina. Na avaliação com animais, o farelo destoxificado demonstrou ser bem consumido pelos caprinos, constituindo-se como uma opção promissora de alimento para o nordeste", afirma o pesquisador Marco Bomfim, responsável pela pesquisa na Unidade.

Outra tecnologia a ser apresentada é a produção de queijo de cabra probiótico potencialmente funcional.

A Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP) vai expor diversas publicações, sobre enfermidades e manejo sanitário de ovinos, controle da verminose, mineralização, reprodução, cruzamentos e sobre o Método Famacha. Entre as técnicas mais modernas de controle de verminoses em ovinos está o Método Famacha, que auxilia na diminuição da resistência a medicamentos anti-parasitários químicos, reduzindo também os custos na criação de ovinos, pois assim será necessário um menor número de aplicações do produto químico. Trata-se de um método seletivo que leva o criador a vermifugar somente os animais do rebanho que apresentam anemia. Esta é detectada por meio do exame da coloração da mucosa ocular dos animais. Na Embrapa Pecuária Sudeste o uso do Método Famacha proporcionou economia e eficácia no controle da verminose dos ovinos, de modo que se recomenda seu uso de forma criteriosa, mas sempre após o treinamento de um técnico.

A Embrapa Pecuária Sul (Bagé, RS) vai apresentar ao mercado da ovinocultura uma técnica alternativa lançada no final de 2008, chamada de "ovelhas Booroolas" (lê-se burulas). Não é uma nova raça, mas uma linhagem de animais que apresentam uma mesma característica genética: alta prolificidade, o que quer dizer, ovelhas com possibilidades de maior ovulação e, consequentemente, resultado duplos ou partos com mais cordeiros.
Esse trabalho vem sendo investigado desde 2003, sob a orientação do pesquisador Carlos Hoff de Souza na busca de incremento à geração de mais cordeiros, e atende as mudanças de cenário econômico da ovinocultura, especialmente na região Sul nos últimos tempos, em que a exploração de carne é crescente.

A Agência de Notícias de Caprinos e Ovinos (ANCO), um projeto que envolve 14 unidades da Embrapa, será apresentado aos jornalistas presentes na Feinco. A apresentação acontecerá no dia 12, quarta-feira, a partir das 17 horas, no estande da Embrapa. A ANCO tem o objetivo de facilitar o acesso de jornalistas e de interessados em ovinocultura e em caprinocultura a informações sobre as cadeias produtivas de caprinos e ovinos. Dessa forma, pretende ajudar a manter o setor na pauta do dia da imprensa nacional.

Adriana Brandão
MTb CE01067JP
(88)3112.7415

Postado por: Denilson Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário