quarta-feira, 11 de março de 2009

Comissão Permanente é aguardada na região norte

Num universo de quase 37 mil veículos circulando pelas ruas, Sobral, como qualquer outro centro urbano em desenvolvimento, também enfrenta problemas no trânsito. A começar pelas condições oferecidas pela 3ª Regional de Trânsito do Detran, onde o número de funcionários é insuficiente para atender os 36 municípios que formam a jurisdição do órgão.
Deste o primeiro ano de governo de Cid Gomes que a população da região aguarda uma das promessas feitas, a instalação de uma Comissão Permanente de Legislação. “Acredito que isso só será possível se o governador transferir a regional para outro local”, esclarece Raimundo Donizete Braga, supervisor do órgão no município. Ele disse que em Sobral são apenas seis funcionários que, junto aos demais espalhados na região, não chega a 15.
Mas na opinião do Secretário da Cidadania e Segurança de Sobral, coronel Francisco Mendonça, este é um problema enfrentado por poucos nas constantes blitze realizadas na área urbana do município pelos agentes de trânsito. “Dificilmente encontramos uma pessoa sem a CNH, as irregularidades mais comuns são as condições do veículo, a falta da documentação, por exemplo”.
Dos veículos que circulam em Sobral, 16.356 são motocicletas e 10.897 automóveis — demais são motonetas, caminhão, ônibus, microônibus, reboques e tratores.

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário