quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Chinaglia: PT e PSB têm acordo para a Câmara

 

Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados: 17/12/2014- Brasília- DF, Brasil- Lançamento da candidatura do deputado Arlindo Chinaglia à presidência da Câmara. Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados

O deputado e candidato do PT à presidência da Câmara, Arlindo Chinaglia, afirmou nesta quinta-feira 15, no Recife, que tem um acordo mútuo com o adversário Júlio Delgado (PSB-MG) para que um apoie o outro no caso de eventual segundo turno; apesar disso, petista evitou entrar em detalhes sobre como isto seria feito; "Eu vou apoiá-lo se não passar para o segundo turno. Mas você vai ter que ligar para ele", cobrou; ele comentou as declarações de Marta Suplicy; "Ela está olhando a paisagem fora do PT e deve estar de olho na candidatura para prefeitura de São Paulo"

15 de Janeiro de 2015 às 14:03

Pernambuco 247 - O deputado e candidato à Presidência da Câmara Federal, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirmou, nesta quinta-feira (15), no Recife, que possui um acordo mútuo com o adversário Júlio Delgado (PSB-MG) para que um apoie o outro no caso de um eventual segundo turno para a direção da Casa.

Ele também comentou as declarações da senadora e ex-ministra Marta Suplicy (PT-SP), que afirmou que ou o PT "muda ou acaba". "Ela está olhando a paisagem fora do PT e deve estar de olho na candidatura para prefeitura de São Paulo", disse.

Apesar de admitir a existência de um acordo com o socialista no caso de um segundo turno, Chinaglia evitou entrar em detalhes sobre como isto seria feito. "Eu vou apoiá-lo se não passar para o segundo turno. Mas você vai ter que ligar para ele", disse. Ele ressaltou, ainda, que a afinidade politica entre a sua candidatura e a de Delgado é maior do que coma postulação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que mantém uma relação conflituosa com a presidente Dilma Rousseff.

A declaração de Chinaglia sobre a existência de um acordo com o candidato do PSB foi realizada após um encontro do parlamentar com deputados pernambucanos, no Recife. Em seguida, Chinaglia reuniu-se com o governador de Pernambuco e presidente interino do PSB, Paulo Câmara.

"A Câmara dos Deputados precisa de uma pauta nacional", destacou Chinaglia, que assim como os adversários promete adotar uma postura independente no caso de assumir a Presidência da Câmara.

O petista é o último dos candidatos à Presidência da Câmara a visitar Pernambuco. Antes dele, Júlio Delgado e Eduardo Cunha também visitaram o Estado em busca do apoio do PSB para as suas respectivas candidaturas.

http://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/166687/Chinaglia-PT-e-PSB-têm-acordo-para-a-Câmara.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário