terça-feira, 13 de maio de 2014

Dilma visita o Ceará sem recepção de Cid

 

A presidente Dilma Rousseff  (PT) visita, hoje, as obras da Transposição do Rio São Francisco, no município cearense de Jati, onde estão sendo executados trechos da obra. De lá, Dilma segue para as cidades de Cabrobó (PE), São José de Piranhas (PB), onde também vai acompanhar a inspeção junto aos canteiros de obras. De praxe, uma comitiva presidencial é recebida pelo governador do Estado, mas, desta vez, Cid Gomes (Pros) passou a missão para o vice-governador.
A informação foi confirmada pela assessoria de Cid Gomes, que não deu maiores detalhes. No mesmo dia, Cid tem reunião, em Brasília, com a cúpula nacional do Pros para aparar arestas. (leia mais na página 4). Desta forma, a comitiva presidencial será recebida pelo vice-governador Domingos Filho (Pros).
Diante do embate entre o governador Cid Gomes e a direção nacional do Pros, a visita de Dilma Rousseff ao Ceará é vista por setores políticos como uma demonstração de prestígio por parte de Cid. O gesto, porém, é considerado por alguns como um anúncio de que Dilma não aceitará a pressão da cúpula nacional da legenda que pede a substituição de Teixeira por alguém mais ligado aos interesses do grupo.
Em entrevista ao jornal O Estado, o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que acompanhará a visita presidencial, disse que a visita de Dilma ao Nordeste motiva-se pela importância que ela dá à região e ao projeto de integração do Rio São Francisco. Disse ainda, que a obra está caminhando para ser entregue no prazo. “Hoje está com mais de 10.300 trabalhadores, podendo esse número chegar a 11.000 no próximo mês de junho. A transposição ainda não chegou ao pico da mobilização de trabalhadores, mas ela está caminhando para ter bons resultados no meado de 2015”, informou.
Ele ressaltou, ainda, que está trabalhando dentro das metas de que o canal possa funcionar ainda neste ano. Mais uma vez o ministro garantiu que a transposição, como um todo, deverá ser concluída, beneficiando alguns estados nordestinos, até o final do próximo ano. 
EM NÚMEROS
Iniciadas em 2007, as obras de transposição do São Francisco devem ficar prontas em 2015, de acordo com as recentes previsões do Ministério da Integração Nacional. Já foram investidos R$ 4,5 bilhões dos R$ 8,2 bilhões previstos. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério, os serviços estão dentro do cronograma estabelecido. Atualmente, mais de 2,9 mil máquinas estão em funcionamento e há 9,5 mil trabalhadores ao longo das obras. Segundo o governo federal, 55,5% das obras já estão prontas.

Do Blog do Macário Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário