sexta-feira, 30 de maio de 2014

CID GOMES FAZ PREGÃO REVERSO NA AL PARA CONSTRUÇÃO DE ADUTORAS

 

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), realizou, nesta quinta-feira (29/05), sessão pública no Plenário da Assembleia Legislativa do Ceará para receber os documentos de habilitação e as propostas comerciais para a aquisição de tubos e conexões, distribuídos em três lotes, e serviços de construção de adutoras de montagem rápida, divididos em nove lotes. A sessão foi iniciada pelo presidente da AL, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), e comandada pelo governador Cid Gomes.

O leilão reverso começou com lance teto de R$ 184 milhões para os 12 lotes e foi fechado por R$ 149,2 milhões, representando uma economia de mais de R$ 34 milhões para os cofres do Estado. Participaram 10 empresas, que apresentaram, inicialmente, propostas em envelopes fechados e em seguida deram lances para baixo.

A contratação das empresas prevê a execução da terceira fase de construção de adutoras emergenciais, que tem no seu escopo a implantação de 417km de adutoras emergenciais de montagem rápida, distribuídas entre os municípios de Crateús, Caridade, Nova Russas, Canindé, Tauá, Irauçuba, Caririaçu, Alcântaras, Potiretama, Quiterianópolis e Maranguape, este último incluindo os seus distritos. Cerca de 273 mil cearenses serão beneficiados com a construção das adutoras de montagem rápida.

A empresa Hidrostec arrematou o primeiro e o segundo lotes e a Pipe arrematou o terceiro dos três para aquisição de tubos e conexões. Dos lotes para serviços de construção de adutoras e montagem rápida, a empresa Cosanpa ficou com os lotes 4 e 8; a Cimencol com os lotes 5, 6, 7 e 9; a SV com o lote 8; a DG Log com os lotes 10 e 12 e a Gaid com o 11.

Somente participaram da consulta pública de preços pessoas jurídicas que apresentaram propostas e documentos que atenderam à habilitação descrita nos itens do edital de convocação. A contratação tem fundamento no artigo 24, IV, da Lei nº 8.666/93, e utilizou como critério o menor preço por lote.

As especificações e os quantitativos dos tubos e conexões e os projetos básicos das adutoras estavam disponíveis para consulta na sede da Cogerh até ontem, às 17h.

Antes do leilão, Cid Gomes destacou o baixo índice pluviométrico e o fato de três quartos do território possuir solo cristalino. Ele lembrou que o Estado apresentou invernos irregulares nos três últimos anos, o que tem reduzido a capacidade de carga dos açudes. O governador também enumerou as ações que estão sendo feitas com a finalidade de os efeitos da estiagem não serem tão danosos para a população.

Fonte: http://sobraldeprima.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário