quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Presidente da Petrobras Biocombustível fala sobre atuação da empresa no nordeste

 

O deputado José Airton (PT-CE) participou nesta quarta-feira (18) da reunião da Bancada do Nordeste, em Brasília, com a presença do presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, que falou das ações da empresa no nordeste brasileiro.

Segundo Rossetto, a empresa tem investido de forma  intensa no semiárido do nordeste, por meio das usinas localizadas em Candeias, na Bahia e Quixadá, no Ceará, as quais são polos indutores da produção do biocombustível, de formação profissional e geração de renda.

O plano de trabalho apresentado mostrou que a usina de Quixadá tem sido responsável pelo abastecimento de 80% da demanda produtiva, utilizando mão de obra totalmente regional. “ Quixadá é recorde em qualidade de produção e tecnologia. A usina tem recebido várias premiações”, enfatizou o presidente da Petrobras Biocumbustível.

Miguel Rossetto também destacou que a empresa tem um compromisso com o desenvolvimento da Agricultura Familiar e 30% de sua produção vem desse segmento. Um trabalho que vem sendo realizado com um total de 15 famílias, mantendo garantia de compra e preços pré-fixados.

“ Desde 2012, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) passou a dar o indicativo de preço semanal da Mamona no nordeste, o que tem sido de suma importância. É necessário destacar que nossos polos de produção são móveis, com a possibilidade de criação de novos para ampliar a produção regional”, disse.

Para o presidente da Petrobras Biocombustível , um dos entraves para o impulso das ações no nordeste tem sido os tributos arbitrários. Mesmo com os diálogos frequentes no estado, ainda não há um apoio fiscal.

Mesmo diante o exposto,  parlamentares da Bancada do Nordeste destacaram que a atuação da empresa pode ser mais efetiva no estado, por meio de pesquisas que apresentem alternativas para as características específicas da região. “ É preciso oferecer um crescimento significativo, para transformar a economia do nordeste”, concluíram.

Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário