quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Pesquisa: 73,9% da população apoia Programa Mais Médicos

 

Pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgada ontem revela que o Programa Mais Médicos, do governo federal, conquistou a maioria da população brasileira.  De acordo com o levantamento, 73,9% dos entrevistados aprovam a vinda de médicos estrangeiros para atuarem no Brasil. Revela também que para 49,6% dos entrevistados, o programa tem todas as condições de solucionar os problemas de saúde pública do País.
Os números da pesquisa atestam que 62,4% dos entrevistados utilizam o sistema público de saúde, enquanto que apenas 20,8% têm acesso ao serviço privado e 16,5% usam ambos.
A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais. Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 135 municípios, entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro deste ano.
A contratação de médicos estrangeiros é um dos eixos do Programa Mais Médicos que tem como principal objetivo suprir a escassez e a carência de médicos nas regiões mais carentes do País.
Coragem - Para o líder da Bancada do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE), o resultado da pesquisa mostra que a presidenta Dilma Rousseff fez um dos enfrentamentos mais importantes para o País. “A presidenta teve coragem singular e o ministro Alexandre Padilha foi exemplar na condução desse debate”, analisou Guimarães.
De acordo com o líder petista, os dados mostram também que, “se existe uma guerra para levar melhoria na área da saúde, ela só será vencida se consolidarmos o modelo que o governo Dilma protagoniza”.
Para o deputado Rogério Carvalho (PT-SE), relator da medida provisória (MP 621/13), que cria o programa, a pesquisa, além de mostrar o acerto do governo ao adotar a medida, revela a indignação da sociedade brasileira com a postura preconceituosa de alguns setores à vinda de médicos estrangeiros.
“Essa pesquisa comprova o acerto do governo Dilma ao instituir o programa e, ao mesmo tempo, mostra a reação da sociedade brasileira ao preconceito imposto aos médicos estrangeiros, em particular os médicos cubanos”, ressalta Rogério Carvalho.
De acordo com o relator, o levantamento da CNT mostra ainda que o Brasil  precisa de mais médicos. Para ele, o programa além de médicos estrangeiros, abrirá vagas nas escolas de medicina e vai trazer melhoria na formação dos médicos brasileiros.
“A sociedade espera que o problema da falta de médico seja resolvido”, concluiu Rogério Carvalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário