sexta-feira, 30 de março de 2012

Ferreira Aragão critica a saúde pública brasileira

O deputado Ferreira Aragão (PDT) no pequeno espaço de tempo que teve nesta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, aproveitou para criticar o atual momento da saúde pública brasileira e o descaso dos planos privados para com seus clientes.

O parlamentar iniciou a sua fala comentando o caso de um cidadão de Juazeiro do Norte que veio à Capital para uma consulta agendada há três meses num hospital público. “O cliente ficou na fila desde 5 horas da manhã para atendimento e mandaram voltar porque o médico não veio. A saúde brasileira é uma vergonha”, disse.

Críticas também foram feitas às operadoras particulares que, segundo Ferreira Aragão, “vivem a maltratar” os usuários. “A situação da saúde no Brasil é um problema sério não só para o pobre, mas para a classe média também, que paga plano caro”, afirmou, ao pontuar que a operadora não paga todos.

Para o pedetista, ninguém se orgulha de ser doente ou quer estar doente, mas na hora em que adoece e necessita de assistência, fica a “ver navios”. E completou: “Alguns planos só cobrem gripes e resfriados. Na hora de uma doença mais séria, o cidadão brasileiro não tem o atendimento que merece”, desabafou.

Ferreira Aragão sugeriu à Comissão de Saúde, presidida pelo deputado Carlomano Marques que fosse realizada uma Audiência Pública para debater esse descaso que atinge a saúde publicada brasileira e, em especial, o estado do Ceará.

Marconi Alves

Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário