quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

FESTA DE SANTA LUZIA 2011 – JIJOCA DE JERICOACOARA

A Festa de Santa Luzia, em Jijoca de Jericoacoara, teve duas partes bem distinta: Religiosa e Profana.

A parte Religiosa foi bem movimentada. O novenário contou com boa participação dos fiéis devotos de Santa Luzia que teve como celebrante o Pe. Lindomar, Administrador da Paróquia. O encerramento aconteceu terça feira com a Santa Missa.

A parte Profana também foi muito movimentada. Além de centenas de barracas vendendo de tudo que há no mundo, as vendas foram boas para a maioria dos comerciantes. O Parque de Diversão fazia a diversão da juventude.

Assaltos, furtos, roubos, arrombamentos de residências e comércios deixaram a população aterrorizada. Um posto de abastecimento foi assaltado, de onde levaram uma boa quantia em dinheiro. Várias motos foram roubadas. Residências foram assaltadas na sede e zona rural. Muitas pessoas que foram para as novenas ao retornarem encontraram a casa arrombada e os bens levados. A residência do casal Raimundo Pereira e Maria Celeste, residentes em Córrego da Forquilha, ao retornarem da novena, segunda feira, encontraram a casa com as portas arrombadas. Os ladrões levaram rádio, celular, DVD, sapatos, Sandálias, bicicleta, uma rede de dormir e cortaram os punhos de outra e uma bolsa que continha todos os documentos das três pessoas da família.

Esta onda de assaltos sempre é uma constante em todas as Festas de Santa Luzia em Jijoca de Jericoacoara. Quem vai para a festa, ao retornar, encontra a casa roubada. Na festa, muitas pessoas são vítimas dos batedores de carteiras e puxadores de moto. O aglomerado de centenas de barracas contribui e facilita a ação dos meliantes.

A recomendação é que as pessoas nunca deixem as casas sem ninguém, nesse período de festa, e que tomem todas as medidas de segurança com relação ao porte de dinheiro e documentos. Evitem transitar por locais escuros ou de muita movimentação, pois é na hora do empurra-empurra que os marginais aproveitam para agir.

Há quem seja de acordo que o número de barracas seja diminuído ou distribuído por mais ruas a fim de dispersar a concentração de pessoas.

Na Delegacia, foi grande a movimentação de pessoas registrando sumiço de documentos e roubos de seus pertences.

O final da festa ficou por conta dos garis com toneladas de lixo para ser colhido nas ruas do centro da cidade.

Roguemos à Santa Luzia para que interceda em favor de seus fieis e que, no próximo ano, a festa seja mais tranquila e que rigorosas medidas de segurança sejam adotadas para dá mais tranquilidade a população de Jijoca de Jericoacoara e seus visitantes.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário