quinta-feira, 11 de junho de 2009

Entra Arruda sai Arruda e funcionário fica sem dinheiro

Dia de pagamento "virtual" dos funcionários da Prefeitura de Granja, segundo o calendário "Romeniano". É que na segunda-feira (08) , o TRE decidiu que Esmerino, até então ex-prefeito, deveria voltar ao cargo, permanecendo nele até que o mérito do processo seja julgado, ou seja, só Deus sabe quando.
Enquanto advogados de ambas as partes lutavam pelos seus clientes e naturalmente pelos seus honorários, os funcionários da Prefeitura, que não tem nada a ver com esse barraco jurídico, ficavam em Granja, sem saber quem iria pagar o salário deles. Esmerino voltou, o pagamento estava na conta para eventual saque dos funcionários, mas na hora H, houve ordem de bloqueio e estorno do dinheiro .
Qualquer leigo mais metido a saber das coisas sabe que isso é um procedimento normal, já que terão que trocar novamente cartões de autógrafos, cheques, assinaturas de ordenadores de despesa, etc, etc. Essa á a parte técnica, a parte humanitária seria a liberação do pagamento pra esse povo que já ganha uma miséria.
Por Wilson Gomes, com informações do Camocim Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário