quarta-feira, 10 de junho de 2009

Do total, R$ 222 milhões irão para o projeto do Governo do Estado que prevê a urbanização do Rio Cocó.


O presidente Lula lançou na ultima terça-feira (9), em Brasília, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Drenagem. O projeto vai destinar R$ 4,7 bilhões para obras de saneamento básico, drenagem urbana e manejo de águas das chuvas, beneficiando 109 municípios em 18 estados brasileiros. Para o Ceará, foram destinados R$ 355 milhões (7,4% do total e maior quantidade de recursos da Região Nordeste). Desse total, R$ 222 milhões serão destinados para o Governo do Estado para investimento na obra de urbanização do Rio Cocó. Além do projeto do Governo foram contemplados projetos para os municípios de Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte.

"O PAC Drenagem é importante para garantir uma das obras mais importantes para Forteza e Região Metropoitana, que é o do Rio Cocó. São R$ 222 milhões do Governo Federal e R$ 64 milhões de contrapartida do Estado. Será feita uma barragem, a dragagem do rio Cocó e o reassentamento de famílias", explicou o governador Cid Gomes durante o lançamento do PAC Drenagem. Ao todo 8 mil famílias serão beneficiadas ao longo do Rio Cocó, sendo que 1.200 famílias serão reassentadas.

Durante o evento, o presidente Lula citou obras importantes que estão em execução no País com recursos do PAC, dentre elas, a construção do Metrô de Fortaleza. Os projetos do Governo do Estado na área de saneamento e urbanização também foram destacados pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes. Ele citou o projeto do Cocó e do Rio Maranguapinho.

Os projetos que receberão recursos do PAC Drenagem englobam a construção de redes e galerias de águas pluviais, dragagem e canalização de cursos de água, implantação de parques e construção de reservatórios de amortecimento de cheias, também conhecidos como piscinões. Foram priorizados empreendimentos em estágio avançado de planejamento e de grande impacto para a população local e em consonância com as diretrizes do Programa de Drenagem Urbana Sustentável, dos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional.

A verba do PAC Drenagem vem do Orçamento Geral da União, de financiamentos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Fonte: Site do Governo do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário